menu

Candidatos à Prefeitura de Garanhuns participam de debate na Rádio Jornal

Um dos prefeituráveis não compareceu

Debate dos candidatos à Prefeitura de Garanhuns
Debate dos candidatos à Prefeitura de Garanhuns (Jefferson Nascimento/TV Jornal Interior)

Faltando pouco mais de 15 dias para as eleições municipais, os candidatos à Prefeitura de Garanhuns, no Agreste de Pernambuco, participaram do debate promovido pela Rádio Jornal Garanhuns (AM 1210) nesta quinta-feira (29), na sede do Sistema Jornal do Commercio de Comunicação no Interior (SJCC Interior), em Caruaru. O debate também foi transmitido pelo Portal NE10 Interior e nas redes sociais do SJCC.

Garanhuns tem mais de 140 mil habitantes e é a principal cidade do Agreste Meridional. O município tem sete candidatos a prefeito: Delegado João Lins (DEM), Dr. Silvino (PTB), Paulo Camelo (PCB), Ronaldo Todinho (Pros), Sivaldo Albino (PSB), Valter Couto (Rede) e Zaqueu (PP). Afilhado político do atual prefeito, Izaías Régis, Dr. Silvino faltou o debate e foi criticado pelos oponentes, que o chamaram de "fujão".

Mediado pelo jornalista Eduardo Peixoto, o debate teve quatro blocos e durou cerca de 1h40. Os candidatos puderam fazer perguntas entre si com temas livres e depois com temas sorteados, além de responder perguntas da radialista Samara Pontes e do advogado especialista em direito eleitoral João Américo. Ao final, cada um teve um tempo reservado para se dirigir ao eleitor com as considerações finais.

Para o diretor exectivo do SJCC Interior, Carlos Humberto Rocha Júnior, o debate auxilia os ouvintes a fazer a melhor escolha para o futuro da cidade. "Ficamos muito felizes com o resultado, tivemos uma super audiência nas mídias sociais, além da audiência na Rádio Jornal Garanhuns. É muito importante esse tipo de discussão para trazer os desafios de quem vai assumir esse município tão importante para a região", destacou.

Turismo

O tema do turismo foi bastante abordado durante as perguntas entre os candidatos, devido à sua importância econômica para a cidade. O candidato Valter Couto, que é engenheiro, reforçou a necessidade de manter um calendário de eventos durante todo o ano, para estimular a geração de renda no município, e não focar apenas no Viva Dominguinhos, Festival de Inverno e Magia do Natal. Couto prometeu uma gestão com foco na cultura e nas tradições locais, para movimentar os hotéis e restaurantes.

Vereador, o candidato Zaqueu afirmou que, caso eleito, irá revitalizar o Centro Cultural, para que o teatro possa ser utilizado para fazer mais festivais. Ele disse que os músicos locais serão priorizados nas apresentações, e que irá resgatar as festas juninas com festivais de quadrilha no município. Ele também afirmou que fará ações para divulgar a cidade para todo o Brasil.

Atuando como deputado estadual, Sivaldo Albino prometeu, se escolhido para governar Garanhuns, fomentar o turismo religioso e de negócios, e resgatar eventos que geraram renda para a cidade no passado, como o Garanhuns Jazz Festival e o Garanhuns Moto Fest. Sivaldo afirmou que irá resgatar o São João, ampliar o Viva Dominguinhos, promover 30 dias de FIG, aumentar a Magia do Natal, entre outros.

Sivaldo Albino propôs ainda a instalação de um teleférico do Monte Sinai para o Relógio das Flores, com a construção de um hotel-escola no Monte Sinai. Para estes projetos, haveria parcerias com o governo estadual e a iniciativa privada. Após a fala de Sivaldo, o candidato Paulo Camelo afirmou que a ideia do teleférico havia sido proposta inicialmente por ele, e afirmou que irá implantar um shopping turístico onde hoje funciona o 9º Batalhão da Polícia Militar.

Saúde

Sobre saúde, os candidatos reforçaram a necessidade da construção de um hospital municipal em Garanhuns, para que os moradores da cidade não precisem se deslocar a outros municípios para receber atendimento. Sivaldo Albino afirmou que irá promover uma saúde humanizada, ampliará o atendimento pelo Sistema Único de Saúde (SUS), trabalhará para que não faltem remédios para a população, entre outros.

O Delegado João Lins afirmou que há recursos para fazer melhorias na saúde, mas eles não estariam sendo bem utilizados: "Trabalhar com honestidade vai fazer com que o dinheiro apareça, pode ter certeza disso". De acordo com ele, os procedimentos de pequena e média complexidade podem melhorar em 30 vezes, e que em seu eventual governo, a população conseguirá realizá-los dentro de 40 dias após a primeira consulta. O candidato Ronaldo Todinho prometeu que, além do hospital municipal, irá implantar a Clínica da Mulher, um laboratório 24h, o programa Bom Dia, Doutor e o Remédio em Casa através de mototaxistas.

Mobilidade

O candidato Zaqueu propôs a construção de arcos viários para melhorar a mobilidade em Garanhuns, assim como a instalação de ciclovias e ciclofaixas. Valter Couto afirmou que é preciso melhorar a situação do transporte coletivo, e João Lins criticou o monopólio na área do transporte público. O delegado também propôs um estacionamento vertical no centro da cidade. Paulo Camelo disse que o Plano Diretor do município precisa ser revisado, se adaptando à nova realidade do município.

Infraestrutura

Sivaldo Albino afirmou que melhorias em infraestrutura tornariam Garanhuns mais atrativa para indústrias. Valter Couto disse que o saneamento básico é importante para a saúde da população, e que é preciso fazer um trabalho de conscientização para a manutenção da limpeza da cidade. O candidato Paulo Camelo garantiu que, se eleito, irá concluir obras que estão inacabadas, como de creches, a reforma da Central de Abastecimento de Garanhuns (Ceaga), a reforma da Avenida Santo Antônio, entre outros.

Educação

Sivaldo Albino afirmou que irá construir oito creches na área urbana e uma no distrito de São Pedro. Ainda sobre educação, Paulo Camelo afirmou que é preciso combater a evasão escolar, e que irá construir equipamentos comunitários para a capacitação dos jovens, assim como outras políticas sociais. Ele propôs ainda a estatização da Autarquia do Ensino Superior de Garanhuns (Aesga).

O candidato Zaqueu disse que irá criar a escola de tempo integral e valorizar os profissionais da educação. Valter Couto afirmou que é preciso criar um programa de qualificação nos bairros, para que as pessoas consigam ter uma profissão.

Máquina pública

Ronaldo Todinho afirmou que é preciso desinchar a prefeitura, e que seu governo teria apenas cinco secretarias, com a redução de cargos comissionados. Paulo Camelo afirmou que irá rescindir o contrato da prefeitura com a Locar e disse que a prefeitura gasta muito com o aluguel de imóveis. Sivaldo disse que é preciso enxugar a máquina, economizando em contratos, aluguéis, combustível, entre outros.

O candidato Paulo Camelo criticou o fato de dr. Silvino, que já foi prefeito de Garanhuns, ser natural da Paraíba, e não do município pernambucano, e afirmou que a cidade está sendo "dominada pela legião estrangeira" e deve ser devolvida aos munícipes. O Delegado João Lins apontou que a classe política da cidade gasta muito dinheiro desnecessariamente, para dividir o poder com seu grupo: "Nós precisamos mudar a política de Garanhuns de todo jeito e essa é a oportunidade que o povo tem".

Confira a íntegra do debate:

Caruaru

Nesta sexta-feira (30), é a vez dos cinco prefeituráveis de Caruaru debaterem as propostas, das 9h às 11h, na Rádio Jornal Caruaru. Foram convidados para o debate o Delegado Lessa (PP), Marcelo Gomes (PSB), Marcelo Rodrigues (PT), Raffiê Dellon (PSD) e a candidata à reeleição, Raquel Lyra (PSDB), cujos partidos têm representação no Congresso Nacional.