Caruaru

Conselho de Segurança discute fim do Disque-Denúncia Agreste

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 14/07/2016 às 9:39
NOTÍCIA
Leitura:

Serviço foi suspenso no interior do estado por falta de recursos
Foto: Reprodução/TV Jornal.
O Conselho de Segurança de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, discutirá nesta quinta-feira (14) a suspensão do Disque-Denúncia Agreste. O serviço, que atendia 139 municípios interior do estado, foi interrompido por falta de recursos após o fim do contrato de prestação de serviço com o Governo de Pernambuco. A reunião será realizada no Centro Administrativo da Prefeitura de Caruaru.

O objetivo do encontro é buscar soluções para reavitar o serviço, que suspenso traria graves problemas para a segurança pública. Devem participar representantes da Polícia Militar, da Polícia Civil, Corpo de Bombeiros Militar, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Destra e do Movimento Agreste Contra o Crime, além do coordenador Alexandre César, do Disque-Denúncia Agreste.

ENTENDA - O serviço do Disque-Denúncia Agreste está suspenso por tempo indeterminado. Em nota oficial, o órgão afirmou que a decisão de interromper os serviços se faz necessária diante da impossibilidade de renovação da parceria com o Governo do Estado, através da Secretaria de Defesa Social, para o repasse de recursos financeiros indispensáveis para o funcionamento do serviço.

Em 12 anos de atuação do serviço no interior de Pernambuco, foram recebidas mais de 112 mil informações, que auxiliaram a resolver crimes, encontrar procurados da Justiça e reunir famílias. Mais de 1.5 mil criminosos foram presos graças à participação dos pernambucanos através das nossas linhas telefônicas e do site - serviço pioneiro em todo o território nacional. Ao longo desses anos, nas 139 cidades do interior do Estado atendidas pelo Serviço, nenhuma identidade foi revelada, com a garantia absoluta do anonimato.

Mais Lidas