União

Casamento com quadrilha junina marca noite de São João em Caruaru

Ana Maria Miranda
Ana Maria Miranda
Publicado em 25/06/2017 às 16:33
NOTÍCIA
Leitura:

Thyego e Adeilsa oficializaram o casamento na igreja no dia de São João
Foto: arquivo pessoal

"Neném, neném, mulher/ Me dá teu coração/ Que eu caso com você nesta noite de São João". A tradicional canção do período junino tornou-se realidade nesse sábado (24), Dia de São João, em Caruaru, no Agreste de Pernambuco. A data foi escolhida pela professora Adeilsa Ferreira, 33 anos, e o vendedor Thyego Gomes, 30, para oficializar o casamento com uma quadrilha junina.

Adeilsa e Thyego casaram-se no civil há 13 anos e de início, o relacionamento não deu certo. Após passarem quatro anos separados, decidiram reatar. Foi quando perceberam que o processo de divórcio nunca chegou a ser concluído.

Neste sábado (24), decidiram oficializar o casamento junto à igreja, em cerimônia realizada na Capela de Santa Luzia. E como era dia de São João, a comemoração foi realizada em uma chácara, com uma quadrilha junina.

O convite de casamento enviado para amigos e familiares foi feito no formato da poesia de cordel: "Vem chegando junho/ Mês de fogueira, festa e balão/ E é o mês que escolhemos/ Pra resolver nossa situação/ Nem a gente sabia explicar/ Quando o povo se atrevia a perguntar/E como a gente já tinha vontade,/Resolvemos casar".

Sem formalidades

A decoração da capela foi feita com tecido de chita e até os padrinhos estavam vestidos à caráter para o período junino. Para completar o cenário, o noivo "matuto" e a noiva grávida, de sete meses. O casal já tem dois filhos, de cinco e 12 anos. A entrada da noiva foi em ritmo de forró.

O motivo da escolha deste modelo de festa foi o desejo de uma cerimônia isenta de formalidades. "Toda vez que a gente falava em casar, dizia que tinha que ser uma coisa descontraída", afirmou Adeilsa Ferreira.

Mais Lidas