Livros

Caruaru recebe 3ª edição da Fenagreste de 8 a 12 de agosto

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 01/08/2018 às 14:35
NOTÍCIA
Leitura:

Jessier Quirino apresenta o recital "Juntando os Cacarecos"
Foto: divulgação

A terceira edição da Feira Nacional do Livro do Agreste (Fenagreste) será realizada de 8 a 12 de agosto (quarta a domingo) no Espaço Cultural Tancredo Neves, em Caruaru. A feira contará com 50 estandes e funcionará das 9h às 21h. A programação contará com lançamento de livros, debates, palestras, apresentações musicais, teatro de mamulengo, espaço geek, concurso de cosplays e contação de histórias. Todas as atividades são gratuitas.

A expectativa é receber cerca de 20 mil visitantes durante os dias de feira, público semelhante ao de 2017. O evento é promovido pela Associação do Nordeste das Distribuidoras e Editoras de Livros (Andelivros) e a Companhia Editora de Pernambuco (Cepe), com apoio do Governo de Pernambuco e da Prefeitura de Caruaru. "[A Fenagreste] já se consolidou como o mais importante evento literário da região, refletindo o peso cultural de Caruaru", diz o presidente da Cepe, Ricardo Leitão.

Onildo Almeida é um dos homenageados desta edição
Foto: divulgação

Este ano, o tema da feira é "Toda família tem histórias" e os homenageados serão o compositor Onildo Almeida, que completa 90 anos em agosto, e o escritor Nelson Barbalho, que se estivesse vivo completaria 100 anos em 2018. A feira literária ainda fará o registro dos 80 anos do ministro Fernando Lyra (in memorian). Uma exposição fotográfica irá resgatar a história do advogado e político.

A solenidade oficial de abertura será às 19h da quarta-feira (8/08), quando serão prestadas homenagens a Onildo Almeida, que fará uma apresentação, e a Nelson Barbalho, representado por familiares. O poeta Jessier Quirino subirá ao palco em seguida para apresentar o recital "Juntando os Cacarecos", que tem como principal mote o Sertão.

Fenagreste deve receber cerca de 20 mil visitantes
Foto: divulgação

A Fenagreste conta ainda com palestras do psicólogo Rossandro Klinjey; da professora universitária Carolina Valença Ferraz; do jornalista e escritor Raimundo Carreiro; da professora Maria Iêda Justino; do professor de biologia Fernando Beltrão, além do lançamento do livro Ideias Subversivas; entre outros.

As apresentações musicais incluem show do caruaruense Petrúcio Amorim, com sucessos como "Anjo Querubim", "Meu Cenário", entre outros. O cantor autografará ainda a biografia Petrúcio Amorim: o poeta do forró, escrita por Graça Rafael. Na sexta-feira (10), às 19h30, a cantora Lorena Mastroianni sobe ao palco principal com o músico J.P. Andrade. O cantor Maciel Melo apresenta-se no último dia da Fenagreste, o domingo dedicado ao Dia dos Pais.

Confira a programação completa:

Quarta-feira (8)

PALCO PRINCIPAL

9h - Abertura dos portões

11h - Espaço reservado para apresentação de escolas municipais

15h - Espaço reservado para a apresentação das escolas municipais

18h - Visita à feira

19h - Homenagem a Onildo Almeida e Nelson Barbalho

20h - Apresentação de Jessier Quirino Juntando os cacarecos

TRELA

10h - Contação de histórias infantis

15h - Contação de histórias infantis

Quinta-feira (9)

PALCO PRINCIPAL

10h - Palestra de Rossandro Klinjey como abordar temas polêmicos em sala de aula

15h - Espaço reservado para apresentação de escolas municipais

CAFÉ LITERÁRIO

14h - Palestra de Zeneide Silva como educar, faço a diferença

15h - Lançamento do livro Manual do direito homoafetivo e palestra da autora Carolina Ferraz Qualquer maneira de amor vale a pena

18h - Teatrologia de Carrero com Raimundo Carrero e Wellington Melo

19h - Sessão de autógrafos da biografia Petrúcio Amorim: o poeta do forró e show de Petrúcio Amorim

ESTANDES

18h - Raimundo Carrero no estande da Cepe

TRELA

10h - Contação de histórias infantis

11h30 - Teatro de mamulengos com MamuSebá

15h - Contação de histórias infantis

17h - Teatro de mamulengos com MamuSebá

Sexta-feira (10)

PALCO PRINCIPAL

11h - Espaço reservado para a apresentação das escolas municipais

15h - Lançamento do livro de desafios matemáticos Ideias subversivas, de Décio Valença

16h - Espaço reservado para a apresentação das escolas municipais

19h - Apresentação de jazz e bossa nova da cantora Lorena Mastroianni com o músico J.P. Andrade

CAFÉ LITERÁRIO

10h - Palestra com Ieda Rocha A literatura em cordel na sala de aula

14h - Lançamento do livro Laydo em hora de dormir, do autor Diego Calife

16h - Debate sobre vivências dos novos modelos de família, organizada pela Secretaria dos Direitos da Mulher em Caruaru Toda forma de amor vale a pena

18h - Debate sobre o livro Corpo descoberto e relação familiar na história com Schneider Carpeggiani e historiador ou antropólogo da Cepe

ESTANDES

15h - Livro Ideias subversivas no estande da Cepe

18h - Livro Corpo descoberto no estande da Cepe

TRELA

10h - Contação de histórias infantis

11h - Teatro de mamulengos com MamuSebá

15h - Teatro de mamulengos com MamuSebá

16h - Contação de histórias infantis

Sábado (11)

PALCO PRINCIPAL

10h - Aulão e lançamento do livro Eu, vencedor de Fernando Beltrão (Fernandinho)

17h - Premiação do desfile de cosplay

CAFÉ LITERÁRIO

11h - Palestra com a professora Haydee Camelo A importância do paradidático na formação de novos leitores

15h - Evento gastronômico e lançamento do livro Comida & tradição: receitas de família, de Nininha Cordeiro, com a participação da jornalista Flávia de Gusmão

ESTANDES

12h - Pequena história no estande da Cepe

15h - Gastronomia do estande da Cepe

TRELA

10h - Contação de histórias infantis

11h - Teatro de mamulengos com MamuSebá

12h - Contação do livro Pequena história de gente pequenina (Cepe)

15h - Contação de histórias infantis

16h - Teatro de mamulengos com MamuSebá

Domingo (12)

PALCO PRINCIPAL

10h - Programação para crianças no cantinho da trela com MamuSebá

16h - Show de encerramento com Maciel Melo

ESTANDES

11h - Livro O que é isso que eu sinto? no estande da Cepe

TRELA

10h - Contação de histórias infantis

11h - Lançamento do livro O que é isso que eu sinto?

12h - Teatro de mamulengos com MamuSebá

15h - Contação de histórias infantis

16h - Teatro de mamulengos com MamuSebá

 

Mais Lidas