Erro

Homem passa 10 dias preso por ter nome igual ao de criminoso

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 22/08/2018 às 11:55
NOTÍCIA
Leitura:

Homem passou 10 dias preso em uma unidade prisional de Natal
Foto: divulgação

Um corretor de motos que tinha o nome igual ao de um criminoso procurado por furto qualificado e receptação em Serra Talhada, no Sertão de Pernambuco, chegou a passar 10 dias preso no Centro de Detenção Provisória de Candelária, em Natal, no Rio Grande do Norte. O pior é que o nome da mãe dele também é idêntico ao da mãe do verdadeiro autor do crime.

Paulo Sérgio Gomes da Silva, de 49 anos, foi preso no dia 8 de agosto e liberado na última sexta-feira (17). Ele foi preso durante uma abordagem de rotina em Natal.

Quando os policiais consultaram a documentação, encontraram um mandado de prisão em aberto no nome dele. O nome que constava no mandado como mãe do acusado era Maria José Gomes da Silva, mesmo nome da mãe do corretor.

A confusão foi descoberta pela Justiça após a defesa de Paulo Sérgio entrar com um pedido de habeas corpus. O advogado apresentou documentações que comprovaram que não se tratava da mesma pessoa. Paulo Sérgio foi liberado. O Tribunal de Justiça de Pernambuco ainda não se pronunciou sobre o caso.

Mais Lidas