Investigação

Polícia divulga detalhes da prisão dos envolvidos na morte de garçom

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 12/03/2019 às 8:43
NOTÍCIA
Leitura:

Garçom Renan da Silva Melo, 25 anos, foi morto na Rua da Má Fama
Foto: reprodução/TV Jornal

A Polícia Civil divulgou nessa segunda-feira (11) detalhes da prisão de três envolvidos na morte do garçom Renan da Silva Melo, 25 anos, no ano passado na Rua Silvino Macêdo, no bairro Maurício de Nassau, em Caruaru, no Agreste de Pernambuco. Ele havia saído do trabalho e decidiu encontrar amigos na rua, que tem vários bares e restaurantes.

O crime aconteceu na madrugada de 28 de outubro de 2018, na mesma ocorrência em que cinco adolescentes foram baleados, no cruzamento da Rua Silvino Macedo (Má Fama) com a Rua Padre Félix Barreto. O delegado Anderson Liberato, responsável pelo inquérito, disse que um grupo teria jogado cerveja no outro e isto teria motivado os disparos de arma de fogo que deixaram vários adolescentes feridos.

Ainda de acordo com o delegado, o garçom, que não estava em nenhum dos dois grupos, teria dito algo no momento em que os suspeitos fugiam, o que provocou a ira do atirador, que voltou e efetuou um disparo letal no peito dele.

Segundo as investigações, os responsáveis pelo crime são Willames Henrique da Silva e Gustavo Henrique da Silva, que são irmãos, além de dois adolescentes, que não podem ter os nomes divulgados. Os maiores foram presos e levados para a Penitenciária Juiz Plácido de Souza. Um dos menores de idade foi apreendido e levado para a Funase. O outro é procurado pela polícia.

A mãe do jovem, Edileuza Maria, sofre há quatro meses com a perda do filho. "Não paga porque não traz a vida do meu filho mais, mas tenho Justiça porque pegaram eles", afirmou.

Veja na reportagem do "TV Jornal Notícias", da TV Jornal Interior:

Mais Lidas