menu

Gata "se forma" em Medicina Veterinária e post viraliza na internet

A felina participou das fotos de formatura da dona e acumulou curtidas nas redes sociais

A foto da gata, de beca e tudo, viralizou na internet nessa segunda-feira
A foto da gata, de beca e tudo, viralizou na internet nessa segunda-feira (Fotos: Reprodução/Facebook)

Uma gata chamada Nina, de sete anos de idade, é a mais nova "veterinária" da cidade de Alegrete, no Rio Grande do Sul. A felina participou das fotos de formatura da dona, a estudante Vitoria Pahim, que concluirá o curso em março de 2020 e já se prepara para a cerimônia de colação de grau.

A foto da gata, de beca e tudo, viralizou na internet nessa segunda-feira (15) após ser postada em um grupo no facebook. O post acumulou curtidas e comentários positivos dos usuários da rede.

Em entrevista ao Portal NE10 Interior, Vitoria revelou que Nina foi a sua companheira durante a faculdade e por isso ela escolheu levar a gata para participar das fotos. "Ao longo desses 7 anos que ela me acompanha, e que coincidentemente iniciei a jornada de morar sozinha, ela sempre me acompanhou. Desde que iniciei uma outra faculdade, resolvi fazer a transição para medicina veterinária, os risos, os choros, as noites de estudos... todos os momentos ela esteve comigo", explica. Segundo ela, sua identificação com a gata foi amor à primeira vista.

Por falar em amor, Vitoria conta que não foi difícil tirar a foto com Nina. "Ela sempre foi um anjo no quesito comportamento e não foi diferente no dia das fotos. Quando contatei a empresa, perguntando se poderia levar minha gatinha, a resposta foi super positiva", comenta. Vitoria revela que apesar de colaborar, Nina não deixou a curiosidade felina de lado e tentou explorar o local.

Segundo Vitoria, a gata é geralmente calma e se comporta super bem quando vai realizar consultas veterinárias. A dona de Nina destaca que mantém uma relação de confiança e bem estar com a felina. Seria cortesia profissional?

Vitoria acredita que a boa relação com Nina é um presente. "Se pudesse deixar uma pequena mensagem é que adotar é vida! Eles são super presentes na vida da gente", sinaliza.

Apesar da fofura, Nina não deve "colar grau" com Vitória. "Como faz parte do comportamento natural dos felinos ser um "pouco nervoso" levei ela apenas para as fotos", explica.