menu

Mais de 600 mil pessoas circularam por Garanhuns durante o FIG 2019

Evento durou 10 dias e recebeu cerca de 500 apresentações e mais de 3 mil artistas nos 21 polos de animação

Balanço do 29º FIG foi divulgado no Auditório do Garanhuns Palace Hotel
Balanço do 29º FIG foi divulgado no Auditório do Garanhuns Palace Hotel (Divulgação/Léo Caldas/Secult-PE/Fundarpe)

Cerca de 600 mil pessoas circularam por Garanhuns, no Agreste de Pernambuco, durante o Festival de Inverno (FIG), que encerrou no último sábado (27). De acordo com dados da Secretaria de Cultura do Estado (Secult-PE), a Praça Mestre Dominguinhos, principal polo da festa, recebeu uma média de 60 mil pessoas por noite. O evento durou 10 dias e recebeu cerca de 500 apresentações e mais de 3 mil artistas nos 21 polos de animação.

Foram sete palcos de música para todos os gostos: pop, forró, instrumental, cultura popular, erudita, experimental, entre outros. O frio e a chuva não deram trégua, e a saída foi utilizar agasalhos e capas de chuva. De acordo com balanço dos organizadores, no circo, no teatro, nos espetáculos de dança e no cinema, as sessões foram lotadas. A visitação também foi intensa na Casa Galeria Galpão, na Praça da Palavra, no Pavilhão do Artesanato e no Polo Gastronômico. As oficinas de formação cultural também foram muito prestigiadas.

"Uma marca desta edição, que tem se consolidado, é a diversidade. A possibilidade que o Governo do Estado traz para a população de ver espetáculos nas mais diversas linguagens que talvez, por conta de tantas coisas, não circulariam aqui, neste país de dimensão continental. Eu acho que isso é o que mais me emociona e me impulsiona a coordenar este festival, porque acredito muito na força transformadora da cultura", avalia André Brasileiro, curador e coordenador-geral do FIG.

Avaliação

Quem quiser avaliar o festival poderá fazê-lo através de uma ferramenta lançada este ano com o App Colab, que pode ser baixado nas lojas de aplicativos dos celulares. O FIG é realizado pelo Governo de Pernambuco, por meio da Secretaria de Cultura e da Fundarpe, em parceria com a Prefeitura de Garanhuns e apoio da Cepe Editora, Sesc e Sebrae.