Balanço

Mais de 600 mil pessoas circularam por Garanhuns durante o FIG 2019

Evento durou 10 dias e recebeu cerca de 500 apresentações e mais de 3 mil artistas nos 21 polos de animação

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 29/07/2019 às 11:55
NOTÍCIA
Divulgação/Léo Caldas/Secult-PE/Fundarpe
FOTO: Divulgação/Léo Caldas/Secult-PE/Fundarpe
Leitura:

Cerca de 600 mil pessoas circularam por Garanhuns, no Agreste de Pernambuco, durante o Festival de Inverno (FIG), que encerrou no último sábado (27). De acordo com dados da Secretaria de Cultura do Estado (Secult-PE), a Praça Mestre Dominguinhos, principal polo da festa, recebeu uma média de 60 mil pessoas por noite. O evento durou 10 dias e recebeu cerca de 500 apresentações e mais de 3 mil artistas nos 21 polos de animação.

Foram sete palcos de música para todos os gostos: pop, forró, instrumental, cultura popular, erudita, experimental, entre outros. O frio e a chuva não deram trégua, e a saída foi utilizar agasalhos e capas de chuva. De acordo com balanço dos organizadores, no circo, no teatro, nos espetáculos de dança e no cinema, as sessões foram lotadas. A visitação também foi intensa na Casa Galeria Galpão, na Praça da Palavra, no Pavilhão do Artesanato e no Polo Gastronômico. As oficinas de formação cultural também foram muito prestigiadas.

"Uma marca desta edição, que tem se consolidado, é a diversidade. A possibilidade que o Governo do Estado traz para a população de ver espetáculos nas mais diversas linguagens que talvez, por conta de tantas coisas, não circulariam aqui, neste país de dimensão continental. Eu acho que isso é o que mais me emociona e me impulsiona a coordenar este festival, porque acredito muito na força transformadora da cultura", avalia André Brasileiro, curador e coordenador-geral do FIG.

Avaliação

Quem quiser avaliar o festival poderá fazê-lo através de uma ferramenta lançada este ano com o App Colab, que pode ser baixado nas lojas de aplicativos dos celulares. O FIG é realizado pelo Governo de Pernambuco, por meio da Secretaria de Cultura e da Fundarpe, em parceria com a Prefeitura de Garanhuns e apoio da Cepe Editora, Sesc e Sebrae.

Mais Lidas