Fake news

Caneta azul: Léo Magalhães nega compra de direitos autorais da música

Canção do maranhense Manoel Gomes viralizou nas redes sociais

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 29/10/2019 às 14:59
NOTÍCIA
Reprodução/NE10 Interior
FOTO: Reprodução/NE10 Interior
Leitura:

O cantor Léo Magalhães negou nesta terça-feira (29) ter comprado os direitos da música "Caneta Azul", do maranhense Manoel Gomes. O vídeo de Manoel cantando a canção viralizou nas redes sociais no último fim de semana.

Mensagens divulgadas nas redes sociais diziam que Léo Magalhães teria comprado a música por R$ 700 mil. O cantor publicou vídeos nos stories do Instagram negando a informação.

"A gente deseja muito sucesso para o Manoel, que de uma semana para cá gravou a música cantando e todos nós artistas repostamos porque achamos muito interessante, a gente sabia que ia ser um grande sucesso e com certeza se transformou num grande sucesso", esclareceu.

Léo Magalhães disse que nem ele nem o empresário procuraram o cantor nordestino para comprar os direitos, e reforçou que não gravará a música. Ao final do vídeo, Léo ainda cantou um trecho da canção.

Registro em cartório

Nessa segunda-feira (28), Manoel Gomes registrou a música no cartório da cidade de Balsas (MA) para dar início ao processo de registro dos direitos autorais.

Mais Lidas