Clima ameno

Gravatá é a maior produtora de flores tropicais do Norte e Nordeste

Temperaturas amenas, que variam entre 21°C e 24°C, favorecem a produção

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 31/10/2019 às 15:32
NOTÍCIA
Reprodução/TV Jornal Interior
FOTO: Reprodução/TV Jornal Interior
Leitura:

O município de Gravatá, localizado no Agreste de Pernambuco, a 86 quilômetros do Recife, é considerado o maior produtor de flores tropicais do Norte e Nordeste.

A zona rural da cidade reúne mais de 300 produtores, que trocaram a produção de morango pela de flores. As temperaturas amenas, que variam entre 21°C e 24°C, e a altitude - mais de 700 metros acima do nível do mar - favorecem a produção.

O produtor de flores Heleno Ribeiro trabalha no ramo há mais de 30 anos e herdou a atividade da família. "Aprendi com meus pais, que já eram produtores de flores. A gente foi aprimorando e foram aparecendo coisas novas", contou.

Atualmente, ele produz gerberas e hortênsias. A esposa e os filhos também trabalham no ramo. Na produção dele, são colhidas mais de 5 mil flores por dia.

Flores com vasos

Outro tipo de produto de Gravatá são as flores com vasos, mais vendidas por produtores de fora da região. O produtor Mário Gonçalves produz cinco espécies e está fazendo testes com botões de rosas lovely hearts. Modificadas geneficamente, estas rosas não têm espinhos, têm o botão maior e as hastes mais longas.

Cerca de 20 mil botões de espécies variadas são colhidas por dia na produção. "Esta demanda é o Nordeste em peso, desde a Bahia até o Ceará, esses nove estados do Nordeste são os mais consumidores de flores de Gravatá", revelou.

De acordo com Gonçalves, algumas flores são produzidas apenas em estufas. Por isto, são realizados vários testes com espécies diferentes no campo e na estufa para melhor atender o consumidor final.

Veja na reportagem do "Cotidiano", da TV Jornal Interior:

Mais Lidas