menu

Gravada em Caruaru, websérie Escape traz cenário apocalíptico

Personagens lutam pela sobrevivência em meio a vários obstáculos

Gravação acontece na zona rural de Caruaru
Gravação acontece na zona rural de Caruaru (Reprodução/TV Jornal Interior)

Uma websérie gravada em Caruaru, no Agreste de Pernambuco, traz um cenário apocalíptico, no qual os personagens precisam lutar pela sobrevivência, em meio a vários obstáculos.

A situação é provocada por partículas que surgem no ar e que agridem qualquer pessoa que teve contato com elas. O ar contaminado pode levar até à morte. A produção cinematográfica traz paralelos com a pandemia do novo coronavírus.

Curta-metragem produzido em Caruaru é selecionado para festival internacional

A primeira temporada contará com quatro episódios, com duração de 25 minutos cada. O primeiro capítulo foi gravado em 24 horas, com uma equipe reduzida de quatro atores e outros oito profissionais.

O local escolhido para as gravações foi uma casa no Distrito de Peladas, na zona rural. O produtor da websérie Escape, Joel Duarte, conta que aconteceu por acaso: "Na verdade eles iam olhar outras residências da região para ver qual se adaptava melhor. Eles olharam minha casa e disseram 'é aqui'. Tinha cara de pandemia mesmo, tudo bagunçado, tudo em construção. Tem um bunker lá, então ficou a cara da websérie".

Suspense e egoísmo

Por causa da luta pela sobrevivência, o enredo é envolto em egoísmo. "Nessa série, os personagens são bem egoístas, se eles não eram, eles se tornam egoístas, porque a história faz com que eles se tornem. Ou você pensa em si mesmo, ou você morre. Aquele pensamento coletivo, não tem isso", alerta o diretor, Allan Drade. Segundo ele, quando o primeiro ensaio da equipe terminou, outras pessoas se interessaram pelo projeto e se ofereceram para ajudar.

A história também é cheia de suspense. "Meu personagem é bem emblemático, porque até eu não sei muito sobre ele. Nós recebemos o primeiro capítulo, as informações que eu tenho são de que ele é um ex-funcionário de uma boate, ele trabalhava como segurança, e ele tem uma necessidade muito grande de sobrevivência. A gente percebe que os personagens estão muito preocupados com eles mesmos", revela o ator Wagnner Sales.

A identidade visual da série também é bem característica. O diretor de fotografia, Ronney Dionízio, explica: "A gente desenvolveu um modo que ficasse bem a cara da série mesmo, a linguagem da série fosse aquela coisa mais escura, um pouco mais cinzenta, sem muita saturação na cor. A iluminação combinasse também. Esse primeiro capítulo tem muito de ação, então a câmera fica 'nervosa', tem uma linguagem mais dramática para a cena".

A primeira temporada está prevista para ser liberada em outubro, nas plataformas digitais.

Escape: web-série caruaruense conta a história de uma pandemia no interior

  • 29/07/2020 15:55
E aí, fã de séries, tá procurando algo novo para assistir? Caruaru está sendo palco para a produção da websérie “Escape”, do diretor e roteirista Allan Drade. A série se passa em uma era apocalíptica na qual os seres humanos lutam a todo custo e todo tempo pela sua sobrevivência em meio a inúmeros problemas e obstáculos que aparecem neste cenário. Confira! 3 minutos e 18 segundos