Crime

Golpistas são presos após vender "lâmpada do gênio" por R$ 537 mil

Na história de Aladdin, gênio realiza desejos

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 05/11/2020 às 11:28
NOTÍCIA
AFP
FOTO: AFP
Leitura:

Dois homens foram presos na Índia suspeitos de vender a um médico uma "lâmpada do gênio" por cerca de R$ 537 mil. Durante a venda, os homens chegaram a "chamar" o gênio falso. A lâmpada do gênio é conhecida pela história de Aladdin. Nela, o objeto mágico abriga um gênio que pode realizar seus desejos.

A vítima, o médico Laeek Khan, acionou a polícia de Uttar Pradesh, no norte do país, ao perceber que havia caído em um golpe. Khan relatou à polícia que um dos homens fingiu ser um ocultista e fez uma imagem sobrenatural aparecer da lâmpada.

O médico chegou a pedir para tocar no gênio, mas os golpistas não deixaram. O gênio, na verdade, era um dos homens disfarçados. Os suspeitos prometeram ainda que a lâmpada traria "saúde, riqueza e boa fortuna" para quem a tivesse.

Prisão

O oficial sênior Amit Rai disse à AFP que os homens estão sob custódia. A esposa de um deles, que também estaria envolvida, está foragida: "Os trapaceiros fecharam um acordo por muito mais, mas o médico pagou cerca de 7 milhões de rúpias".

Rai explicou ainda que os homens já enganaram outras famílias criando situações semelhantes.

Mais Lidas