Covid-19

Paulo Gustavo está há um mês internado e estado ainda é crítico

O ator continua internado na UTI com Covid-19.

Eduarda Cabral
Eduarda Cabral
Publicado em 13/04/2021 às 8:31
NOTÍCIA
Reprodução/Globo
FOTO: Reprodução/Globo
Leitura:

O ator Paulo Gustavo continua internado em estado crítico na luta contra a Covid-19. Nesta terça-feira (13), o humorista completa um mês de internação. Durante todo este período, seu processo de tratamento apresentou altos e baixos. 

A hospitalização de Paulo foi noticiada no dia 15 de março. Dois dias antes, ele havia compartilhado uma mensagem de feliz aniversário para o marido nas redes sociais, sem citar nenhum problema de saúde. Sob orientação médica, ele procurou assistência para acompanhar a evolução de seu quadro clínico.

Nas redes sociais, seu marido, Thales Bretas, se encarregou de informar o estado de saúde do ator e agradeceu aos fãs e artistas pelas mensagens carinhosas e de apoio. Oito dias depois da internação, em 21 de março, Paulo foi intubado por precaução porque sentia dificuldade para respirar. Inicialmente, o objetivo era de evitar a evolução da doença para um estado crítico.

"Foi sedado e intubado para que a cura consiga se estabelecer nos seus pulmões sem cansá-lo tanto com a falta de ar que o incomodava. Estou calmo, confiante e tenho certeza de que será um passo importante pra melhora completa do nosso guerreiro!!! Ele que é jovem, saudável, sem comorbidades e supercuidadoso, está passando por isso", disse Thales nas redes sociais.

Quatro dias após ser intubado, no dia 25 de março, seu marido novamente se pronunciou sobre o estado de Paulo Gustavo, afirmando que o ator havia apresentado uma melhora. Na publicação, Thales conta que Paulo Gustavo estava respondendo bem ao respirador mecânico, e que a melhora era lenta, mas progressiva.

No dia 10 de abril, a equipe médica divulgou que Paulo Gustavo seguia "tendo evolução favorável no tratamento contra o coronavírus". O mesmo boletim apresentava uma perspectiva positiva para sua recuperação. "A cada dia temos mais certeza da sua plena recuperação, cuja data ainda não é previsível", dizia o texto.

Piora no quadro clínico

Um dia depois da divulgação da melhora, Thales Bretas divulgou que o marido teve uma piora e foi submetido a uma terapia por ECMO (Oxigenação por Membrana Extracorpórea). A equipe médica destacou que Paulo ''chegou a apresentar sinais de melhora, mas devido ao agravamento do quadro clínico, teve que passar por reajustes terapêuticos."

No dia 3 de abril, o ator passou por uma pleuroscopia, que serve para aprimorar a compreensão da situação dos pulmões do paciente. Durante o procedimento, a equipe médica identificou uma fístula bronco-pleural, que estava impedindo a ventilação mecânica. 

Em 4 e 9 de abril, Paulo foi submetido à toracoscopia, para correção dos problemas no quadro de saúde. Foi quando ele precisou realizar transfusões de sangue e seu marido pediu aos fãs e amigos que ajudassem com doações. O último boletim médico foi divulgado no domingo (11), e dizia que o quadro do ator havia piorado, indicando complicações pulmonares e hemorrágicas.

"O quadro clínico do meu amor está difícil, mas para ele nada é impossível, e nem pra Ele, nosso Deus, e essa dupla poderosa vai trazer ele de volta pra casa", disse Thales nas redes sociais.

Mais Lidas