famosos

Antônia Fontenelle chama DJ Ivis de "paraíba" e recebe crítica de Juliette: "xenofobia"

A apresentadora comentou que o músico é um "paraíba" e que usou a expressão para se referir a quem faz "paraibada".

Eduarda Cabral
Eduarda Cabral
Publicado em 13/07/2021 às 8:40
NOTÍCIA
Reprodução
FOTO: Reprodução
Leitura:

Ao criticar o músico DJ Ivis, depois da repercussão do caso da agressão contra sua ex-mulher, Pamella Holanda, a apresentadora Antônia Fontenelle utilizou uma expressão que provocou polêmica nas redes sociais. Para xingar Ivis, Antônia disse que ele é um "paraíba".

"Esses paraíbas fazem um pouquinho de sucesso e acham que pode tudo. Amanhã vou contactar as autoridades do Ceará para entender porque esse cretino não foi preso”, comentou Fontenelle. Depois de provocar tumulto entre os internautas, a apresentadora voltou a comentar o assunto e disse que o termo era "força de expressão" e que não aceitava ser acusada por "desocupados da máfia digital".

 
 

"É xenofobia"

Com a repercussão, a paraibana e ex-bbb, Juliette Freire, se posicionou nas redes sociais contra o posicionamento de Fontenelle e acusou a apresentadora por xenofobia. "Não é força de expressão, é xenofobia. Não existe “ser Paraíba” e “fazer paraibada”. Existe ser PARAIBANA/O, o que sou com muito orgulho", comentou.

"Tire seu preconceito do caminho, que vamos passar com a nossa cultura e não vamos tolerar atitudes machistas e xenofóbicas de lugar algum", concluiu Juliette em publicação.

 

Mais Lidas