Internacional

Homem guarda pedra mais valiosa que ouro por 6 anos sem saber

Os pesquisadores estimam que a rocha é um meteorito de 4,6 bilhões de anos

Bruna Padilha
Bruna Padilha
Publicado em 02/12/2021 às 17:48
Notícia
Melbourne Museum
Pesquisadores estimam o fragmento esteja na terra no mínimo a 1 mil anos - FOTO: Melbourne Museum
Leitura:

David Hole foi ao Parque Regional de Maryborough, em Melbourne, em 2015, como um detector de metal na expectativa de achar algo valioso. Mas perambulando pelo local a única coisa que ele achou interessante foi uma rocha super pesada de cor avermelhada e com um material argiloso ao redor. Sem saber, ele levou um fragmento de meteoro muito valioso para casa.

O australiano tentou abrir a pedra várias vezes, com serras, furadeira e até solução ácida, mas nenhum equipamento conseguiu rachar o objeto. A rocha de 17 quilos e a sua resistência foi o que fez que David guardasse a pedra por tanto tempo.

Identificação

O mistério só foi respondido quando dois geólogos do Museu de Melbourne descobriram que se tratava de um meteorito. Um deles, Demot Henry, contou que em 37 anos de carreira só colocou a mão em um meteorito de verdade duas vezes e essa foi uma delas.

Os pesquisadores publicaram um artigo que trás as especificações do objeto, que foi apelidado de Maryborough, em homenagem à cidade que foi encontrado. Com mais de 4,6 bilhões de anos, eles ainda não sabem exatamente de onde veio, mas há algumas suspeitas.

Após testes, a resolução é de que o fragmento esteja na terra no mínimo a 1 mil anos. O material é extremamente valioso e muitas indústrias necessitam dele, mas até o momento não se sabe quanto a rocha vale no mercado.

Comentários

Mais Lidas