polêmica

KLARA CASTANHO: O que aconteceu com a atriz? Entenda história em que houve estupro e gravidez indesejada

Atriz Klara Castanho teve seu nome muito comentado nas redes sociais após o ocorrido

Rakeche Nascimento
Rakeche Nascimento
Publicado em 25/06/2022 às 17:24 | Atualizado em 27/06/2022 às 11:49
Klara Castanho revela infidelidade do ex-namorado aos 14 anos de idade. Foto: Reprodução/Instagram
Klara Castanho revela infidelidade do ex-namorado aos 14 anos de idade. Foto: Reprodução/Instagram
Leitura:

O nome da atriz Klara Castanho ficou entre um dos mais comentados nas redes sociais após uma declaração envolvendo seu nome.

Tudo aconteceu quando a influenciadora Antônia Fontenelle disse em uma live que uma atriz global de 21 anos teria engravidado e doado a criança para adoção.

A apresentadora disse que a atriz "não quis olhar para o rosto da criança" e revelou que o jornalista Léo Dias teria descoberto o ocorrido e que Klara [sem citar o nome da atriz] teria implorado para a notícia não vazar.

Antônia Fontenelle diz que atriz global está grávida

Internet reage

Internautas logo caíram em cima da apresentadora e estão se dividindo sobre a história, alguns acreditam em sua verdade e outros não. Contudo, um ponto foi levantado na discussão.

A história é a mesma da nova série que Klara Castanho está gravando "Bom dia Verônica", na Netflix. Na trama, a menina engravida de um estupro e doa a criança para um orfanato.

pelo amor de deus gente essa história que a Antônia Fontenelle ta falando da Klara Castanho é simplesmente A SINOPSE DA NOVA TEMPORADA DE BOM DIA VERÔNICA KKKKKKKKKKKKKK tomara muito que a klara taque o processo nessa doida pic.twitter.com/LYLs5qy1AZ

Klara Castanho se pronuncia

Atriz de 21 anos, depois de toda repercussão do caso, falou sobre o ocorrido e disse que estava "com muita dor por ter que reviver a história". Klara revelou, ainda, que foi estuprada e só descobriu sua gravidez quando estava no momento do parto. 

A atriz revelou que estava fazendo "o relata mais difícil de sua vida" e pediu para que as pessoas respeitassem a sua decisão de dá a criança para adoção.

"Esse é o relato mais difícil da minha vida. Pensei que levaria essa dor e esse peso somente comigo. No entanto, não posso silenciar ao ver pessoas conspirando e criando versões sobre uma violência repulsiva e de um trauma que eu sofri. Eu fui estuprada", começou ela no que chamou de "carta aberta".

Mais Lidas