VIOLAÇÃO

KLARA CASTANHO: LÉO DIAS e o jornal METRÓPOLES se desculpam após matéria sobre gravidez da atriz; confira nota na íntegra

Após muita pressão dos perfis nas redes sociais, o portal e o jornalista resolveram falar abertamente sobre o assunto

Rayane Domingos
Rayane Domingos
Publicado em 27/06/2022 às 9:13 | Atualizado em 27/06/2022 às 9:14
Twitter/Reprodução
Leo Dias falou sobre gravidez e estupro de Klara Castanho indiretamente em entrevista - FOTO: Twitter/Reprodução
Leitura:

*Aviso: essa matéria pode ser sensível para algumas pessoas

Após inúmeras críticas, o jornalista Léo Dias e o jornal Metrópoles se pronunciaram sobre a matéria expondo a violência de Klara Castanho. A atriz de 21 anos ficou grávida após ter sido estuprada.

A pressão de perfis na web e da classe artística foi imensa para que a chefe de redação do Metrópoles, Lilian Tahan, se pronunciasse. 

Para quem não sabe, mesmo após Klara ser pressionada a falar sobre a violência que sofreu, o jornalista ainda publicou detalhes sobre o assunto. Léo expôs informações sobre a criança.

Em nota, o Metrópoles pediu desculpas para Klara e afirmou que a matéria foi ao ar no final do dia, com poucas pessoas na redação. 

As informações só foram retiradas do ar duas horas depois, após muita pressão de perfis nas redes sociais. 

..

Confira na íntegra o pronunciamento do Metrópoles

"Sobre o episódio de Klara Castanho, erramos. O Metrópoles não deveria ter permitido que o colunista Leo Dias, que publica suas colunas no portal, desse detalhes sobre o triste caso envolvendo uma mulher em situação de extrema vulnerabilidade.

Não há justificativa que sustente o argumento do interesse público em conhecer detalhes sobre uma história em que os únicos interessados são a vítima e seus familiares. E, neste caso, a Justiça e o Ministério Público, que intercederam para ajudar Klara no processo de adoção da criança.

Em relação à Klara Castanho, praticamos mau jornalismo. Não é uma justificativa. Mas, as circunstâncias neste episódio contribuíram para que o erro demorasse a ser corrigido. A matéria foi ao ar por volta das 21h e retirada duas horas depois.

Assim como os demais colunistas do Metrópoles, Leo Dias tem autonomia para publicar suas informações. Muito embora o portal faça uma ressalva de que o conteúdo dos colunistas não reflete, necessariamente, a posição do veículo, é claro que, se publicamos o colunista em nossa página, temos responsabilidade pelo conteúdo veiculado.

Em um veículo que publica em torno de 400 conteúdos por dia, erros, lamentavelmente, podem ocorrer. Tanto de informação, quanto de avaliação. E, em geral, somos rápidos em fazer o que for preciso para reparar os eventuais equívocos.

Esta postagem ocorreu já na noite de sábado, no final do expediente, quando havia pouquíssimos colegas na redação. Falhamos em não notar imediatamente que a matéria havia sido publicada pela equipe do colunista.

Isso não exime a culpa da equipe do Metrópoles. Todos erramos. E, por isso, pedimos perdão à Klara. Ela não merece julgamento. Não merece exposição. Merece acolhimento, respeito e empatia de todos nós.

O triste episódio servirá de lição para que façamos uma avaliação profunda sobre procedimentos em nossas rotinas. A todos os leitores, um respeitoso pedido de desculpas".

Entenda a situação de Klara Castanho

A apresentadora Antônia Fontenelle realizou uma live em que falava sobre o assunto. Apesar de não ter falado o nome de Klara, ela incitou os seguidores a descobrir de quem se tratava o fato.

Ela relata que o jornalista Léo Dias contou sobre a situação. Dias depois de muitos boatos nas redes sociais, a atriz resolveu escrever uma carta aberta contando e relembrando a violência.

Os especialistas afirmaram que ambos podem responder pelo crime de difamação, após divulgar notícias íntimas de Klara.

Reprodução/SBT/Instagram
Leo Dias teria comentado sobre o caso de Klara Castanho, mas sem citar nomes - FOTO:Reprodução/SBT/Instagram

Mais Lidas