menu

Time de futebol americano de Caruaru é campeão da série B da categoria

Equipe conquistou o título de forma invicta

Equipe venceu a competição invicta
Equipe venceu a competição invicta (Reprodução/NE10 Interior)

A equipe caruaruense de futebol americano, Caruaru Wolves, conquistou em partida realizada nesse domingo (8) o acesso à elite nacional da competição. Após vencer o time do Recife Apaches por 27 a 0 pela final da Série B, o grupo sagrou-se campeão no estádio Grito da República, em Olinda.

Para Fladson Rafael, jogador da linha ofensiva da equipe do Caruaru Wolves, após a vitória passa um filme na cabeça. "É uma emoção indescritível. Você pensa na luta que é praticar esse esporte, na família que nos dá força pra seguir nesse esporte. Vem muita coisa na mente e muitos flashbacks do ano todo", explica.

Os lobos de Caruaru conquistaram o título de forma invicta ao longo da competição. Cerca de 50 atletas e três técnicos integraram a equipe vencedora.

De acordo com Fladson Rafael, que além de jogador também faz parte da diretoria do clube, o planejamento para o futuro agora é contar com reforços para fazer uma boa campanha. "Primeiramente, queremos festejar muito! Mas para fazer um bom planejamento para o ano que vem, queremos manter a equipe, esperamos que cheguem reforços para somar com nossa família wolves e queremos também fazer uma boa campanha nesse primeiro ano de BFA elite", explica.

Fladson divide os cargo de jogador com parte de diretoria do clube. De acordo com ele, não é fácil. "Como ainda é um esporte "amador", temos essa realidade que não é diferente de várias equipes do Brasil. Representar a parte burocrática é necessária, mas nossa equipe de diretores e o nosso planejamento é traçado para conseguirmos esse objetivo", comenta. Entretanto, de acordo com Fladson, é possível separar as funções democráticas com o trabalho de jogador.

Histórico

A história do Caruaru Wolves começa em 2014, quando cerca de 50 atletas amigos, uniram-se no Agreste de Pernambuco e filiaram-se à Federação Pernambucana de Futebol Americano (FEPEFA), tornando-se o primeiro time do esporte na região.