Futebol

Final da Libertadores será 100% brasileira, após 15 anos; veja

Primeira final entre clubes do mesmo país foi em 2005, com o São Paulo campeão

Laís Milena
Laís Milena
Publicado em 14/01/2021 às 13:38
NOTÍCIA
Reprodução do Twitter/ Conmebol
FOTO: Reprodução do Twitter/ Conmebol
Leitura:

As classificações de Palmeiras e Santos, na terça (12) e quarta-feira (13) para a final da Copa Libertadores será a quarta decisão, na história da competição, entre times do mesmo país. O Palmeiras se classificou no placar agregado (3 a 2) em cima do River Plate, enquanto o Santos venceu o Boca Juniors (3 a 0).

A primeira final com clubes do mesmo país foi em 2005, com São Paulo e Athletico-PR. O jogo de ida terminou com um empate de 1 a 1, na partida de volta o tricolor goleou por 4 a 0 e conquistou seu terceiro título da Libertadores. Em 2006 o São Paulo chegava novamente a grande final, dessa vez contra o Internacional. O primeiro jogo da decisão teve vitória colorada por 2 a 1. O empate por 2 a 2 no Beira-Rio garantiu a primeira conquista da Libertadores para os gaúchos.

Em 2019, os argentinos Boca e River protagonizaram a primeira final com dois times argentinos, e a terceira entre clubes de mesma nacionalidade. O jogo de ida, na Bombonera, terminou empatado em 2 a 2. A partida de volta foi disputada no Santiago Bernabeu, em Madri, na Espanha, após o ônibus do River ser atacado por torcedores do Boca, a caminho do Monumental de Nuñez. O jogo terminou com a vitória do River por 3 a 1.

Quinze anos depois, dois brasileiros voltam a se enfrentar em busca do título sul-americano. Esta será a primeira decisão entre dois times de um mesmo estado do Brasil, e a primeira vez que Palmeiras e Santos se enfrentam em uma final no Maracanã. O Verdão busca seu segundo título na competição, enquanto o Peixe tenta a sua quarta conquista.

Veja:

Mais Lidas