menu

Tite não garante presença da Seleção Brasileira na Copa América e admite desconforto dos jogadores

O técnico falou que a posição da comissão técnica e dos atletas será exposta no “momento oportuno”.

O técnico brasileiro Tite falou após a goleada do Brasil na seleção peruana
O técnico brasileiro Tite fala sobre Copa América (Lucas Figueiredo/CBF)

Durante uma coletiva de imprensa realizada na última quinta-feira (3), o técnico Tite deu a entender que é possível que a seleção brasileira não dispute a Copa América, que tem início no dia 13 de junho. Durante a entrevista no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, onde a equipe encara o Equador nas eliminatórias dsta sexta (4), Tite comentou que a posição da comissão técnica e dos atletas será exposta no “momento oportuno”.

O técnico afirmou que ele, o diretor de seleções Juninho Paulista e os atletas tiveram conversas com o presidente Rogério Caboclo. No entanto, ele preferiu não revelar o teor da conversa antes das partidas que serão realizadas entre o Brasil contra Equador e Paraguai. Ainda na quinta-feira, treinadores de outras seleções se posicionaram contra a realização do evento no Brasil. 

“Temos uma opinião muito clara e fomos lealmente, numa sequência cronológica, eu e Juninho, externando ao presidente qual a nossa opinião. Depois, pedimos aos atletas para focarem apenas no jogo contra o Equador. Na sequência, solicitaram uma conversa direta ao presidente. Foi uma conversa muito clara, direta. A partir daí, a posição dos atletas também ficou clara", afirmou.

"Temos uma posição, mas não vamos externar isso agora. Temos uma prioridade agora de jogar bem e ganhar o jogo contra o Equador. Entendemos que depois dessa Data Fifa, as situações vão ficar claras", disse Tite.

Capitão da Seleção Brasileira

A coletiva começou com duas horas de atraso e não contou com a presença do capitão do time, Casemiro. Tite esclareceu que ausência dele tem a ver com o posicionamento contrário à realização da Copa América. “Eles têm uma opinião, externaram ao presidente, e vão externá-la ao público em um momento oportuno. Inclusive, isso tem a ver com a ausência do nosso capitão, Casemiro, aqui nessa entrevista”.