futebol

Confira os craques que estarão em campo na Copa América

A competição começa no próximo domingo (13).

Eduarda Cabral
Eduarda Cabral
Publicado em 11/06/2021 às 10:50
NOTÍCIA
Lucas Figueiredo/ CBF
FOTO: Lucas Figueiredo/ CBF
Leitura:

No próximo domingo (13), tem início a Copa América, com transmissão e cobertura exclusiva do SBT/TV Jornal e da Rádio Jornal. A disputa pela taça será entre 10 seleções filiadas à Conmebol. Entre os grandes nomes do futebol mundial, vão estar na disputa do torneio Neymar, Messi, e Suárez. Os três são considerados as maiores referências do futebol sul-americano.

No caso de Neymar, o histórico na Copa América não é muito animador. Em 2011 e 2015 o jogador foi eliminado com a seleção nas quartas de final para o Paraguai e chegou a ser suspenso em 2015. Já em 2019, quando o Brasil conquistou o título, o craque que defende o Paris Saint-Germain desde 2017 foi cortado antes de começar o campeonato por causa de uma lesão no ligamento do tornozelo direito.

Entretanto, para 2021 o cenário é animador. Recentemente, Neymar se igualou a Zico e Romário como artilheiro do Brasil nas Eliminatórias (11 gols), renovou contrato com o PSG, e chega como um dos destaques da seleção na sólida arrancada das Eliminatórias, com seis vitórias em seis jogos.

Messi

Em sua trajetória na Seleção da Argentina, Messi ficou em segundo lugar por três vezes na Copa América (2007, 2015 e 2016), e quase foi campeão do mundo, em 2014. Em 2021, aos 33 anos, Messi chega como o craque incontestável da competição.

O argentino foi o grande destaque do Barcelona na temporada 2020/21, com 30 gols em 35 jogos do Campeonato Espanhol. Para a Copa América 2021, Messi chega com a missão de liderar a Argentina em busca do título da competição que não vem há 28 anos.

Suarez

Luis Suárez, aos 34 anos, que é campeão da Copa América em 2011, tem uma longa trajetória na seleção uruguaia. Para a Copa América, o centroavante chega com 116 jogos e 62 gols. O Uruguai teve dois empates nas duas últimas rodadas das Eliminatórias, que foram entre Venezuela e Paraguai, e ocupa a quinta colocação.

Outros craques

As outras sete seleções também chegam à Copa América com seus destaques. Campeão em 2015 e 2016, o Chile aposta em Arturo Vidal e a dupla de ataque Vargas e Sanchez. Na Colômbia, com a ausência de James Rodríguez, Juan Cuadrado é a maior estrela. Olho também no paraguaio Almirón e no peruano Cueva.

*Com informações de Raldney Alves, da Rádio Jornal, para o JC Online

Mais Lidas