olimpíadas

Quem é Rayssa Leal e por que a vice-campeã olímpica é chamada de 'Fadinha'?

A jovem se tornou a atleta brasileira mais jovem a ganhar medalha em uma olimpíada.

Eduarda Cabral
Eduarda Cabral
Publicado em 26/07/2021 às 9:00
NOTÍCIA
Wander Roberto/COB
FOTO: Wander Roberto/COB
Leitura:

Um dos nomes mais comentados na manhã desta segunda-feira (26) em todo o Brasil, sem dúvidas, é o de Jhulia Rayssa Mendes Leal. A jovem, que tem apenas 13 anos de idade, se tornou a atleta mais jovem da história do Brasil subir ao pódio em Olimpíadas, ganhando uma medalha de prata na nova modalidade dos Jogos Olímpicos, o Skate Street.

Rayssa Leal, a Fadinha, faz história e se torna atleta mais jovem do Brasil a subir em pódio das Olimpíadas

 

Mas afinal, quem é Rayssa Leal? A garota nasceu na cidade de Imperatriz, no Maranhão. Desde 2018, aos 11 anos, ela passou a integrar a Seleção Brasileira e passou a ser vista como destaque do street, junto a duas outras atletas também convocadas, Pâmela Rosa e Letícia Bufoni, que também foram convocadas para Tóquio. 

Mas a história de Rayssa com o skate começa anos antes. Foi aos 6 que a menina ganhou o primeiro equipamento e um ano depois ela já estava competindo, depois de aprender a andar sozinha, assistindo vídeos dos seus ídolos no celular e repetindo insistentemente as manobras.

Todo esforço rendeu à jovem diversos títulos, como o terceiro lugar no Street League Skateboarding Championship, em 2019, e o primeiro lugar na edição de Los Angeles do Street League Skateboarding Championship no mesmo ano. Em sua primeira disputa no XGames, a skatista alcançou a quarta posição

 

Por que é chamada de 'fadinha'?

Foi em 2015 que Rayssa viralizou nas redes sociais com um vídeo fazendo manobras. Na época, ela tinha apenas sete anos de idade e estava com uma fantasia de fada. Foi daí que nasceu o apelido que acompanha a garota até hoje. 

A jovem virou pauta em diversos veículos de comunicação, sempre associada ao nome de 'fadinha', e chegou a encontrar uma de suas maiores referências, Letícia Bufoni, no Esporte Espetacular, da TV Globo. Mal sabia que anos à frente estaria dividindo a disputa olímpica e a carreira ao lado dela. 

Rayssa chegou a ter o vídeo compartilhado por um astro internacional, Tony Hawk, que fez com que ela ganhasse ainda mais projeção na época. 

 

Confira entrevista com Rayssa Leal

*Com informações da Rolling Stone e do UOL

Mais Lidas