olimpíadas

Mayra Aguiar ganha bronze no judô faz história como única mulher brasileira com três medalhas olímpicas

A gaúcha derrotou a sul-coreana Hyunji Yoon e se emocionou ao final da disputa.

Eduarda Cabral
Eduarda Cabral
Publicado em 29/07/2021 às 7:50
NOTÍCIA
Reprodução/Twitter/Time Brasil
FOTO: Reprodução/Twitter/Time Brasil
Leitura:

A judoca Mayra Aguiar conquistou mais uma medalha de bronze para o Brasil nas Olimpíadas de Tóquio. A brasileira venceu nesta quinta-feira (29), em disputa contra a sul-coreana Hyunji Yoon na arena Nippon Budokan, na categoria até 78kg. Com a vitória, Mayra se torna a única brasileira dos esportes individuais a ganhar três medalhas olímpicas na história.

A gaúcha, de 29 anos, havia sido derrotada pela alemã Anna-Maria Wagner, atual campeã do mundo, nas quartas de final. Na repescagem, ela enfrentou a russa Aleksandra Babintseva e venceu após sua adversária receber três punições (shido) da arbitragem e ser eliminada.

Reconhecimento e superação

Além da medalha conquistada em Tóquio, Mayra tem bronze nas edições de Londres, em 2012, e Rio de Janeiro, em 2016. Em entrevista, logo após ganhar a disputa, a judoca se emocionou e afirmou ter enfrentado diversos desafios nos últimos anos para conseguir chegar às Olimpíadas.

"Desculpa, não estou conseguindo falar muito bem agora. Estou bem emocionada. Acho que é a conquista mais importante para mim. Foram bem difíceis esses últimos anos, estes últimos tempos. Bem difíceis! E tem de superar, tem de superar de novo. Eu não aguentava mais fazer cirurgia, estava muito cansada", contou em entrevista à Globo.

"É muito desgastante passar por tudo isso, ainda mais no momento em que estávamos vivendo. Tive medo, tive angústia, e continuei, sabe? Eu acreditei, continuei. Por pior que estivesse, a gente tenta dar o nosso melhor, fazer nosso melhor, fazer valer a pena. Estou realmente bem emocionada", disse, às lágrimas.

Mais Lidas