Lionel Messi

Revelada data em que sucessor de Messi será mostrado ao mundo

Lionel Messi atualmente brilha no PSG, da França

Thiago Wagner
Thiago Wagner
Publicado em 24/05/2022 às 15:03 | Atualizado em 24/05/2022 às 15:12
AFP
Messi é, ao lado de Cristiano Ronaldo, o maior jogador de sua geração - FOTO: AFP
Leitura:

O sucesso de Lionel Messi já tem data para ser revelado ao mundo. A revista France Football, organizadora do prêmio Bola de Ouro, anunciou 17 de outubro como o dia em que será celebrada a cerimônia de entrega do troféu de melhor jogador do mundo.

O atual vencedor da Bola de Ouro é o argentino Lionel Messi, do PSG. No feminino, a atual vencedora é a espanhola Alexia Putellas, do Barcelona.

Os candidatos serão conhecidos no dia 12 de agosto. 100 jornalistas irão votar na escolha de melhor jogador do mundo no masculino. Já no feminino, serão 50 jornalistas.

Como foi marcado para outubro, a Bola de Ouro obviamente não contemplará a Copa do Mundo, que será disputada entre novembro e dezembro deste ano, no Catar. A própria revista ponderou isso em suas regras, afirmando que a temporada europeia será levada em consideração e não o ano de 2022.

Favoritos para a Bola de Ouro

Neste ano, o grande favorito para ganhar a Bola de Ouro é o francês Karim Benzema, do Real Madrid. Ele comandou o time até a final da Champions League e ao título de La Liga. Nomes como Kevin de Bruyne, do Manchester City; Kylian Mbappé, do PSG; e a dupla Mohamed Salah e Sadio Mané, do Liverpool, também aparecem na corrida pela Bola de Ouro.

Correndo bem por fora está o brasileiro Vinícius Júnior, que se destacou no Real Madrid nesta temporada.

Veja todos os vencedores da Bola de Ouro no Masculino

  • 2020 – Não aconteceu.
  • 2019 – Lionel Messi (Barcelona/Argentina)
  • 2018 – Luka Modric (Real Madrid/Croácia)
  • 2017 – Cristiano Ronaldo (Real Madrid/Portugal)
  • 2016 – Cristiano Ronaldo (Real Madrid/Portugal)
  • 2015 – Lionel Messi (Barcelona/Argentina)
  • 2014 – Cristiano Ronaldo (Real Madrid/Portugal)
  • 2013 – Cristiano Ronaldo (Real Madrid/Portugal)
  • 2012 – Lionel Messi (Barcelona/Argentina)
  • 2011 – Lionel Messi (Barcelona/Argentina)
  • 2010 – Lionel Messi (Barcelona /Argentina)
  • 2009 – Lionel Messi (Barcelona/Argentina)
  • 2008 – Cristiano Ronaldo (Manchester United/Portugal)
  • 2007 – Kaká (Milan/Brasil)
  • 2006 – Fabio Cannavaro (Juventus/Itália)
  • 2005 – Ronaldinho (Barcelona/Brasil)
  • 2004 – Andriy Shevchenko (Milan/Ucrânia)
  • 2003 – Pavel Nedved (Juventus/Rep. Checa)
  • 2002 – Ronaldo Nazário (Inter de Milão/Brasil)
  • 2001 – Michael Owen (Liverpool/Inglaterra)
  • 2000 – Luís Figo (Real Madrid/Portugal)
  • 1999 – Rivaldo (Barcelona/Brasil)
  • 1998 – Zinedine Zidane (Juventus/França)
  • 1997 – Ronaldo Nazário (Inter de Milão/Brasil)
  • 1996 – Mattias Sämmer (Borussia Dortmund/Alemanha)
  • 1995 – George Weah (Milan/Libéria)
  • 1994 – Hristo Stoichkov (Barcelona/Bulgária)
  • 1993 – Roberto Baggio (Juventus/Itália)
  • 1992 – Marco Van Basten (Milan/Holanda)
  • 1991 – Jean-Pierre Papin (Marselha/França)
  • 1990 – Lothar Matthäus (Inter de Milão/Alemanha)
  • 1989 – Marco Van Basten (Milan/Holanda)
  • 1988 – Marco Van Basten (Milan/Holanda)
  • 1987 – Ruud Gullit (Milan/Holanda)
  • 1986 – Igor Belanov (Dínamo Kiev/URSS)
  • 1985 – Michel Platini (Juventus/França)
  • 1984 – Michel Platini (Juventus/França)
  • 1983 – Michel Platini (Juventus/França)
  • 1982 – Paolo Rossi (Juventus/Itália)
  • 1981 – Karl-Heinz Rummenigge (Bayern Munique/Alemanha)
  • 1980 – Karl-Heinz Rummenigge (Bayern Munique/Alemanha)
  • 1979 – Kevin Keegan (Hamburgo/Inglaterra)
  • 1978 – Kevin Keegan (Hamburgo/Inglaterra)
  • 1977 – Allan Simonsen (B. Moenchengladbach/Dinamarca)
  • 1976 – Franz Beckenbauer (Bayern Munique/Alemanha)
  • 1975 – Oleg Blockhine (Dínamo Kiev/URSS)
  • 1974 – Johann Cruijff (Barcelona/Holanda)
  • 1973 – Johann Cruijff (Barcelona/Holanda)
  • 1972 – Franz Beckenbauer (Bayern Munique/Alemanha)
  • 1971 – Johann Cruijff (Ajax/Holanda)
  • 1970 – Gerd Müller (Bayern Munique/Alemanha)
  • 1969 – Gianni Rivera (Milan/Itália)
  • 1968 – George Best (Manchester United/Inglaterra)
  • 1967 – Florian Albert (Ferencváros/Hungria)
  • 1966 – Bobby Charlton (Manchester United/Inglaterra)
  • 1965 – Eusébio (Benfica/Portugal)
  • 1964 – Dennis Law (Manchester United/Escócia)
  • 1963 – Lev Iashin (D. Moscovo/URSS)
  • 1962 – Josef Masopust (Dukla Praga/Checoslováquia)
  • 1961 – Omar Sivori (Juventus / Itália)
  • 1960 – Luis Suárez (Barcelona/Espanha)
  • 1959 – Alfredo Di Stéfano (Real Madrid/Espanha)
  • 1958 – Raymond Kopa (Real Madrid/França)
  • 1957 – Alfredo Di Stéfano (Real Madrid/Espanha)
  • 1956 – Stanley Matthews (Blackpool/Inglaterra)

Mais Lidas