BELEZA

ESTÉTICA: Quais são as causas das olheiras? Saiba como amenizar as manchas escurecidas abaixo dos olhos e como tratá-las

Estresse, envelhecimento e maus hábitos de vida, estão entre as principais causas das indesejadas olheiras

Lívia Maria
Lívia Maria
Publicado em 22/06/2022 às 11:44 | Atualizado em 22/06/2022 às 11:47
Freepik
As olheiras tem diversos tipos e cada um deles requer um tratamento diferente - FOTO: Freepik
Leitura:

As indesejáveis manchas escurecidas abaixo dos olhos ainda causam insegurança em muitas mulheres, que passam a usar maquiagem diariamente para esconder as olheiras. Mas, você sabe exatamente como tratar as olheiras?

Muitas pessoas ainda acham que as olheiras são apenas sinais de noites mal dormidas, mas a verdade é que existem diversos fatores que influenciam no aparecimento delas. Dentre os principais fatores estão o estresse, o envelhecimento e os maus hábitos de vida, como a exposição solar em excesso.

Segundo o dermatologista Marcus Morais (CRM-MG 38194), “as olheiras ainda podem surgir por conta de questões vasculares, genética e até em decorrência do processo de envelhecimento. Para entender qual tratamento é mais eficaz em cada caso, é necessário identificar qual o tipo de olheira de cada pessoa e as principais causas”.

Tipos de olheiras

Quanto aos tipos de olheiras, existem quatro classificações:

  • Vasculares - causadas por retenção de líquido ou problemas circulatórios;
  • Pigmentares - excesso de melanina na região dos olhos (hiperpigmentação), com tons amarronzados. Afeta mais peles negras e morenas;
  • Profundas - causadas pela anatomia óssea e de gordura do rosto do indivíduo, em que a região abaixo dos olhos se encontra mais “funda” do que as áreas ao redor, levando a um efeito de escurecimento por conta da sombra provocada por esses desníveis;
  • Mistas - são chamadas de mistas, pois podem ter diferentes causas: genética, acúmulo de vasos, alergias ou bolsas de gordura.

Tratamentos para olheiras

“Há um tempo, quem tinha olheiras, flacidez e bolsas abaixo dos olhos precisava recorrer a cirurgias bastante invasivas. Atualmente, já existem procedimentos estéticos não cirúrgicos capazes de amenizar esses incômodos, bem como cosméticos voltados para a área dos olhos”, comenta o dermatologista.

O tratamento para olheiras pode ser feito com o Restylane® Refyne, um preenchedor a base de ácido hialurônico, e o Sérum Renovador para Área dos Olhos da linha Cetaphil Optimal Hydration.

Restylane® conta com diversas texturas de ácido hialurônico injetável específicos para cada necessidade: embelezamento, rejuvenescimento e hidratação. No caso de olheiras profundas, Restylane® Refyne é o mais indicado, pois pode ser aplicado em regiões em que a pele é mais delicada, como a área dos olhos. Seus resultados são naturais, podem durar até um ano e preservam as expressões faciais.

Já no dia a dia, é possível aderir ao Sérum Renovador para a Área dos Olhos Cetaphil Optimal Hydration que suaviza linhas finas de expressão, diminui significativamente as olheiras e as rugas finas, proporciona hidratação profunda e prolongada por 48h, e ainda aumenta a firmeza da pele da região.

O especialista ainda orienta que “além de séruns e cremes, os cuidados diários podem ser complementados com compressas de água gelada, boa alimentação (menor ingestão de álcool e sal, responsáveis pelo aumento do inchaço da região associados à flacidez), bem como uso de protetor solar”.

Vale lembrar que o Restylane® é um produto utilizado em procedimentos estéticos não cirúrgicos, que devem ser realizados em consultório por um profissional da saúde habilitado à prática de injetáveis, que será capaz de avaliar cada situação e indicar o melhor tratamento para cada caso.

Fontes:

Sociedade Brasileira de Dermatologia Regional Fluminense. Olheiras: conheça os tipos e as causas.

Sociedade Brasileira de Dermatologia Regional Rio de Janeiro. Olheiras: causas e tratamentos.

Freepik
As olheiras tem diversos tipos e cada um deles requer um tratamento diferente - FOTO:Freepik

Mais Lidas