Itambé

Testemunha do Caso Manoel Matos sofre atentado

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 10/06/2010 às 17:50
NOTÍCIA
Leitura:

Uma testemunha, um homem de 48 anos, do Caso Manoel Matos sofreu um atentado nessa quarta-feira (9) no município de Itambé, Zona da Mata Norte de Pernambuco. Dois homens em uma moto atiraram contra a testemunha que estava no meio da rua. O homem ainda chegou a se abaixar mas um tiro bateu de raspão na cabeça dele, que foi encaminhado ao Hospital de João Pessoa.

Após o fato, na tarde desta quinta-feira (10), a mãe de Manoel Matos, Nair Avila, que faz parte do Programa Defensores de Direitos Humanos, foi até a sede do Gabinete de Assessoria Jurídica Organizações Populares (Gajop), na Boa Vista, Centro do Recife, pedir para que o homem faça parte do Programa de Proteção a Testemunha do Estado de Pernambuco.

Devido às ameaças que as testemunhas do caso estão sofrendo, como perseguição e ligações telefônicas ameaçadoras, a Ordem dos Adovgados do Brasil (OAB), o Gajop, a Secretaria de Direitos Humanos e a entidade Dignitates farão um pedido ao Ministério dos Direitos Humanos para que o caso seja investigado em âmbito federal.

O objetivo das instituições é diminuir as ameaças com as investigações em âmbito Federal. Ao todo, são cerca de 20 testemunhas de acusação.

O CASO - Manoel Mattos, que era vice-presidente do PT Pernambuco, foi assassinado a tiros no dia 24 de fevereiro de 2009 em uma casa de veraneio da Praia de Pitimbu, na Paraíba. Ele estava com a família quando dois homens encapuzados entraram na residência e atiraram várias vezes contra o advogado.

Mais Lidas