EM BAIXA

Falta de chuvas prejudica produção de cana na Zona da Mata

Diego Barbosa
Diego Barbosa
Publicado em 16/06/2010 às 17:02
NOTÍCIA
Leitura:

O baixo volume de chuvas em Pernambuco nos últimos meses tem gerado prejuízo aos fornecedores de cana de açúcar da Zona da Mata Norte de Pernambuco. Segundo a Associação dos Fornecedores de Cana de Pernambuco (AFCP), as perdas podem chegar a 40% da produção nesta região.

O problema é que as chuvas de abril e maio foram muito abaixo do esperado. De acordo com levantamento do Laboratório de Meteorologia de Pernambuco (Lamepe/Itep), neste período, a precipitação foi de 152 mm, menos da metade da média histórica dos dois meses (366 mm).

“As precipitações ficaram 77,5% abaixo do valor esperado para maio. Choveu apenas 44,5 mm, quando a média para o mês é em torno de 197 mm”, disse. Em abril, choveu 107 mm quando o esperado era 168 mm”, disse a coordenadora do Lamepe, Francis Lacerda.

Apesar da dificuldade da Zona da Mata Norte, os fornecedores de Palmares e Catende, na Zona da Mata Sul do Estado, não devem ter perdas este ano.

Segundo o presidente da AFCP, Alexandre Andrade, esta região não será impactada por falta de chuvas. Ainda de acordo com Andrade, a produção de cana este ano em Pernambuco deve ficar em torno de 14 milhões de toneladas contra 17 milhões de 2009.

O Lamepe/Itep ainda informou que, apesar de boa parte dos produtores de cana da Zona da Mata Norte reclamar do prejuízo na produção, existe previsão de chuvas dentro da normalidade para este mês de junho, julho e agosto deste ano.

Mais Lidas