CAOS

Chuvas causam estragos, engarrafamentos e medo no interior de Pernambuco

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 18/06/2010 às 8:31
NOTÍCIA
Leitura:

Chove forte na Capital e nas cidades do interior de Pernambuco. De acordo com a Coordenadoria de Defesa Civil de Pernambuco (Codecipe), a situação é mais grave em Barra de Guabiraba, no Agreste, e também em Ribeirão, Cortez, Sirinhaém e Primavera, na Zona da Mata, além de Moreno, na região Metropolina do Recife.

Equipes da Codecipe estão se dirigindo a essas cidades para dar apoio às Defesas Civis municipais. Há informações de chuvas fortes também em São Caetano, Tacaimbó e Garanhuns, no Agreste. Mas até aqui, nenhuma ocorrência grave registrada.

Em Caruaru, um motorista tentou atravessa a passagem molhada no bairro riachão e caiu com o carro dentro do rio Ipojuca, por volta das 2h30 da manhã desta sexta-feira (18). O veículo já foi retirado do local, e o motorista passa bem.

Outros bairros também estão com ruas alagadas. Um levantamento da Codecipe mostra que nas últimas 24h choveu 97 mm na cidade. A média histórica para todo o mês de junho é de 81 mm.

Com as chuvas na região Agreste, o nível de água do rio Ipojuca (fotos), que corta algumas cidades do interior do Estado, está subindo a cada momento.

“Se continuar assim, acho que vamos ter grandes problemas”, disse assutado o comerciante Cledinaldo Ferreira, que estava no engarrafamento da BR 104 e aproveitou para conferir a situação do rio.

Ainda em Caruaru, o fluxo de veículos na BR 232 está parado neste momento por causa da elevação das águas do Rio Vasco. A Polícia Rodoviária Federal está no local.

 

Mais Lidas