Chuvas

Cenário de lama e caos em Palmares, onde a água atingiu 4 metros

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 20/06/2010 às 11:38
NOTÍCIA
Leitura:

ATUALIZADA ÀS 13H12

Uma visão de uma cidade revirada pelas águas e agora preenchida de lama. Este é o cenário de caos em que se encontra a cidade de Palmares, na Zona da Mata Sul de Pernambuco e uma das mais atingidas pelas chuvas que caíram nos últimos dias no Estado.

A enchente que inundou Palmares começou a baixar depois de a água atingir quatro metros de altura em pleno centro da cidade - a marca da água está na parede do primeiro andar da Prefeitura.

Logo na praça localizada diante da Prefeitura, existe uma extensa cratera de cerca de 20 metros de comprimento e quatro de profundidade. Dentro da cratera, caíram uma carreta e um Palio, que estão apenas com partes aparecendo em meio à água que está dentro do buraco.

Pelas ruas, lama e muitos móveis expostos, na tentativa dos moradores de secar. Quem circula pela cidade chega a não ter noção de onde está pisando - em alguns pontos, os pés afundam e a lama chega a atingir os joelhos de uma pessoa adulta.

Logo cedo neste domingo, houve saque no mercado público da cidade.

Dois helicópteros - da Secretaria de Defesa Social e do Exército - sobrevoam Palmares, levando mantimentos e colchões para os atingidos pelas chuvas.

Não há confirmação de mortos. E a energia elétrica voltou parcialmente ao município.

Mais Lidas