Lama e desolação

Enchente destrói Centro de Cortês e derruba lojas, casas e paredes da Câmara e de igreja

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 20/06/2010 às 12:27
NOTÍCIA
Leitura:

A cidade de Cortês, a 112 km do Recife, na Zona da Mata Sul de Pernambuco, está em grande parte destruída.

A enchente do Rio Sirinhaém destruiu o Centro da cidade, que fica localizado na parte baixa de Cortês, derrubando paredes da Câmara de Vereadores e da Igreja Presbiteriana, além de casas e pontos comerciais.

Dos seis supermercados da cidade, apenas dois funcionam - o maior deles foi abaixo e nos outros as mercadorias estão todas estragadas.

A cena na cidade, que tem cerca de 30 mil habitantes, é de desolação. Sob a lama, carros e objetos pessoais dos moradores, como sapatos e roupas.

Muitos moradores jogam nas ruas as comidas estragadas; outros tentam limpar roupas e objetos nas águas do rio, que começam a baixar.

A parte alta da cidade não foi atingida pela enchente.

Mais Lidas