SOLIDARIEDADE

Desabrigados de Palmares ainda precisam de alimentos

Luciana Queiroz
Luciana Queiroz
Publicado em 09/07/2010 às 13:04
NOTÍCIA
Leitura:

O cenário de Palmares, na Zona da Mata Sul do Estado, ainda é assustador. Destroços podem ser vistos pelas ruas e muita lama. Aos poucos a cidade começa a ser reorganizada. As pessoas trabalham em mutirão.

A Faculdade de Formação de Professores da Zona da Mata Sul (Famasul) se tornou posto de coleta de donativos. Orientados pela Codecipe, cerca de 300 voluntários trabalham separando alimentos não perecíveis, garrafas de água e roupas para distribuir com aqueles que foram atingidos pela enxurrada.

A biblioteca da Faculdade se transformou numa espécie de fábrica, uma pessoa separa um produto, o outro embala, e no fim, uma cesta de alimentos é montada.

\"Ninguém reclama do trabalho voluntário, eles chegam cedo e não tem hora pra terminar. Aqui, todos trabalham dispostos”, garantiu o coordenador do grupo, Gladston Roberto.

Os donativos chegam de todo país. Ainda existe a necessidade de alimentos e material de limpeza para distribuir com a população, só um item está sendo evitado, são as roupas.

\"Precisamos de alimentos e material como, sabão e água sanitária para limpar a cidade. Já temos roupas demais\", alertou o major Lúcio Guimarães, da Codecipe.

Mais Lidas