VIOLÊNCIA

Preso um dos acusados de assassinar garota de dez anos em Limoeiro

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 17/07/2010 às 14:38
NOTÍCIA
Leitura:

Foi preso no início da tarde deste sábado (17) um dos acusados de assassinar a garota Thaís de Aguiar, de dez anos, na cidade do Limoeiro, no Ageste de Pernambuco, durante uma troca de tiros. João Cordeiro de Albuquerque, filho do ex-vereador Isaac de Manassés, foi encontrado em sua residência e encaminhado à delegacia.

O acusado vai responder pelo crime de homícidio duplamente qualificado (sem chance de reação por parte da vítima e pelo fato de a garota ser menor de 12 anos), além de tentativa de homícidio contra o pai da menina, o agricultor Antônio Firmino, de 44 anos. Outros dois suspeitos de envolvimento no tiroteio ainda estão foragidos: Thiago Araújo dos Santos e Rafael da Silva Soares.

O tiroteio ocorreu na madrugada deste sábado próximo à casa da vítima, na Rua Inácia Dutra Duarte, no bairro do Congal. O agricultor Antônio Firmino se dirigia para sua casa após o trabalho, quando parou num espetinho. Os acusados estavam na mesma localidade e começaram uma discussão.

Segundo a mãe da criança e esposa do agricultor, Rosinete de Aguiar, assim que percebeu que os suspeitos estavam armados, Antônio voltou para casa. Quando teve início o tiroteio, Rosinete estava em companhia da filha, Thaís, e outros dois filhos mais novos, que tentavam se esconder embaixo da cama. Nesse momento, segundo a mãe, Thaís foi baleada na testa, enquanto o pai sofreu um tiro de raspão no rosto e outro na perna.

O corpo da garota foi encaminhado para o Instituto Médico Legal. O velório acontecerá no colégio onde Thaís estudava e o enterro só deve ser neste domingo (18).

Mais Lidas