ESPORTE

Central perde jogando em casa na estreia da Série D do Campeonato Brasileiro

Jonnath Monteiro
Jonnath Monteiro
Publicado em 19/07/2010 às 10:58
NOTÍCIA
Leitura:

Parecia uma ótima estreia para o Central que enfrentou o Fluminense de Feira de Santana (BA), jogando em casa na tarde desse domingo (18), no Estádio Lacerdão, em Caruaru, Agreste de Pernambuco. O  time alvinegro entrou em campo com energia e logo aos dois minutos do primeiro tempo, Naldinho colocou a bola na rede, mas o lance estava impedido. Permanecia no zero a zero.

O fluminense, de Feira de Santana (BA), demonstrou ser um adversário fácil. O Central se destacou em muitas jogadas. Aos 34 minutos, a chance de abrir o placar chegou perto novamente. Sidnei, zagueiro alvinegro, mandou para o gol, a bola bateu em Gaúcho, do Fluminense, bateu na trave e ainda desceu na linha do gol. Ficou a dúvida, mas se foi gol, o juiz não deu. O jogo continuava no zero a zero.

No segundo tempo, o Central começou com diversas alterações. Fagner entrou no lugar de Ricardo, Ximinha substituiu Naldinho e Fabrício Ceará entrou no lugar de Rogério. Ainda assim, o time não conseguiu marcar um gol. Em contrapartida, o Fluminense parecia acordar no jogo. O Central não desistia. Aos cinco minutos, Fagner, do time da casa, quase marcou de cabeça. Em seguida, Raul Diogo, também chegou bem pertinho, mas nada da bola entrar. Fábio Silva também teve chance aos 32 minutos, mas não era o dia de sorte para o time caruaruense.

O tempo foi passando e o campo começou a ficar meio escuro. É que houve um problema de energia no estádio. Problema, de fato, estava no jogo. Mesmo quando os refletores acenderam, não deu para o Central. No contra-golpe do Fluminese, Júnior Mineiro conseguiu tomar posição e chutou. Gol do time baiano. Zero para o Central, um para o time visitante. A partir daí, o Central ficou perdido em campo e o jogo terminou com a derrota para a patativa.

Depois do jogo, o técnico Adelmo Soares avaliou a atuação da equipe. “A gente não queria estar aqui justificando a derrota, mas o time não trabalhou bem. Faltou ritmo e mesmo com as alterações não houve reação. Acho que faltou mais garra dos jogadores”, opinou ele.

O atacante Fábio Silva disse que faltou entrosamento da equipe. “Apesar de estarmos trabalhando há mais de um mês, a gente não conseguiu  se afinar em campo pra conseguir colocar a bola pra dentro. Agora, é tentar correr atrás do prejuízo”, lamentou.

A torcida demonstrou muita desmotivação. “A gente veio com toda motivação pra sair comemorando daqui hoje, mas em campo o time não jogou como deveria. Não sei se vou ao próximo jogo”, comentou o torcedor Luciano Xavier.

AS duas equipes jogam novamente pela série \"D\" do Brasileiro no próximo domingo (24). O Central vai até Carnápolis (SE), enfrentar o  River Plate. O Fluminense vai receber o Treze (PB), no Estádio Jóia da Princesa, em Ferira de Santana (BA). 

Mais Lidas