PROTESTO

Moradores do Sítio Campos fazem protesto na BR 232 em Caruaru

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 23/07/2010 às 16:48
NOTÍCIA
Leitura:

Já passava do meio dia desta sexta-feira (23), quando cerca de 300 moradores do Sítio Campos, fecharam a BR 232, no Km 134, nas proximidades de onde fica a comunidade.

A via local e a rodovia no sentido Caruaru - São Caetano ficaram interditadas por aproximadamente uma hora. Os moradores queimaram pneus, galhos e colocaram pedras. A reclamação deles é com relação aos atropelamentos no local.

“Queremos que seja construída uma passarela ou que alguém faça alguma coisa. Três pessoas já morreram aqui e se continuar assim, isso vai piorar”, disse indignada, a doméstica, Andréa Maria.

Diversas crianças também participaram do protesto. “Nossos filhos precisam passar pela BR para ir até à escola e todas as vezes é um perigo. Os veículos passam em alta velocidade”, argumentou a comerciante Josicleide Ermínia.

O Corpo de Bombeiros chegou ao local por volta das 13h, apagou o fogo e a rodovia foi liberada. A Polícia Rodoviária Federal conseguiu convencer os moradores a esperar por uma resposta, pelo menos, nos próximos 15 dias.

“Se nada for feito, vamos fechar as quatro vias protestando quantas vezes for necessário”, ameaçou Andréa Maria.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o protesto gerou o engarrafamento de 3 km.

“Ficamos mais de uma hora parados, atrasou muito nossa viagem, mas entendo os moradores. Eles têm esse direito”, declarou o motorista Gilberto Arruda, que ia para Garanhuns.

Mais Lidas