PÓS-CHUVAS

Desabrigados de Catende ainda aguardam auxílio-moradia

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 20/09/2010 às 16:30
NOTÍCIA
Leitura:

Na cidade de Catende, Mata Sul do Estado, os transtornos deixados pelas enchentes de junho, ainda causam sofrimento para várias famílias da região. Os números atuais apontam que 222 pessoas ainda estão desabrigadas e outras 1.800 desalojadas.

Além de passar três meses em abrigos, muitas famílias ainda não receberam o auxílio-moradia no valor R$ 150.

“Já participei do cadastramento. Agora espero apenas a liberação do dinheiro para procurar uma casa e sair do abrigo”, afirmou Antônio Sebastião, que vive com a esposa no Clube Leão 13, um dos maiores abrigos de Catende.
De acordo com Tenente Coronel, Sóstenes Maia, coordenador da Operação Reconstrução em Catende, 1.000 famílias já estão recebendo o auxílio-moradia.

“Estamos cadastrando mais famílias. As que ainda não receberam nenhuma parcela, o pagamento será retroativo”, explica o coordenador se referindo aos meses de julho, agosto e setembro.

O auxílio será pago durante seis meses, período em que as novas casas serão entregues aos desabrigados.

Mais Lidas