operação salute

PF prende 15 pessoas e apreende mais de 20 mil caixas de remédios irregulares no Sertão

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 21/09/2010 às 12:04
NOTÍCIA
Leitura:

A Polícia Federal e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária fizeram, no Sertão de Pernambuco, a maior apreensão de remédios de uso controlado do Brasil, nos últimos três anos. Os medicamentos eram contrabandeados do Paraguai e chegavam ao País através da foz do Rio Iguaçu. Cidades do interior de Pernambuco e uma do Ceará vendiam os produtos. Mais de 20 mil caixas foram apreendidas. Quinze pessoas foram presas em flagrante.

Conhecida como Operação Salute, a ação conjunta durou três dias e aconteceu nas cidades de Serra Talhada, Ouricuri e Salgueiro. Alguns medicamentos não tinham registro, como o misoprostol (Cytotec), que é usado como abortivo e que está atualmente com a venda suspensa e representa riscos para quem toma.

Outros produtos eram falsificados ou eram oriundos de desvio do Sistema Único de Saúde. Entre os remédios apreendidos estão o Pramil (similar do Viagra) e Lucitan (Diazepan).

Segundo a PF, participaram da operação 20 policiais federais, 5 fiscais da Anvisa e 14 fiscais da Apevisa. Os remédios regulares apreendidos que se encontrem em condições de uso poderão ser doados para a Gerência Regional de Saúde do Sertão Central, mediante autorização da Justiça.

Mais Lidas