REDUÇÃO DE PERDAS

Compesa investe R$ 4 milhões

Do Jornal do Commercio
Do Jornal do Commercio
Publicado em 23/09/2010 às 16:00
NOTÍCIA
Leitura:

Para tentar diminuir o índice de 56% de desperdício de água em seu sistema de distribuição, a Compesa contratou a empresa Vector para instalar um novo sistema de automação. A equipe da prestadora de serviço está visitando a Adutora do Oeste, com 540 quilômetros de extensão, que abastece o Sertão pernambucano, para lançar o plano de trabalho e iniciar em novembro o programa de execução.

Nesta primeira fase, a estatal está investindo R$ 4 milhões. Há outros 16 projetos neste sentido para outras adutoras que terão um investimento global de R$ 80 milhões. Atualmente estão em processo de licitação os projetos para Adutora de Tapacurá, Jatobá, Sistema Várzea do Una e, em etapa final de licitação, os sistemas de Botafogo e Jucazinho.

“A automação tem objetivo de melhorar a operação. Os equipamentos funcionam automatizados, de forma a reduzir falhas no processo. Impacta na redução de custos de manutenção e operação, energia elétrica, além de contribuir para redução de perdas física, como transbordamento de reservatório, estouros de canos, identificando os problemas mais rapidamente, pois calcula a quantidade de água que sai de uma ponta e o quanto chegou na outra”, explica o superintendente de controle da Compesa, Ronaldo Castro. Atualmente este controle é feito de forma rudimentar, a partir de informações de clientes ou de verificações oculares.

Segundo ele, em empresas de abastecimento onde o sistema é automatizado, a exemplo da paulista Sabesp, o índice de economia com manutenção chegou ao montante de R$ 40 mil por mês.

Mais Lidas