REUNIÃO

Usina Catende perde moagem

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 24/09/2010 às 12:00
NOTÍCIA
Leitura:

Cerca de 450 mil toneladas de cana de açúcar da safra 2009/2010, que seria moída na Usina Catende este ano, será encaminhada para outras unidades da Mata Sul. O assunto foi abordado nessa quinta-feira (23), na reunião da Câmara Setorial da Cana de Açúcar, Açúcar e Álcool, da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico.

De acordo com o presidente da Associação dos Fornecedores de Cana de Pernambuco (AFCP), Alexandre Andrade, os problemas estruturais da usina, decorrentes da enchente de junho, inviabilizaram a moagem na unidade. A cana será processada nos municípios de Joaquim Nabuco, Palmares, Amaraji e Cortês, respectivamente, nas usinas Pumaty, NorteSul – antiga Vitória -, Una Álcool e Pedrosa.

“A moagem tinha que começar, não era possível esperar mais” conta Andrade. Ele informa que os produtores não podiam aguardar o início da moagem para o mês de dezembro, conforme propôs o síndico da massa falida. “Esse é um período inadequado para a moagem, pois, além de aumentar os custos para realizar a ação, a cana de açúcar ainda perde teor de açúcar”, justifica.

Andrade destaca ainda que já existe dois grupos empresariais interessados em adquirir a Usina Catende. “A venda ou o arrendamento só será possível inicialmente, caso os trabalhadores da usina solicitem, em assembleia, a posse da massa falida para os diretores da usina. A solicitação deve ser encaminhada à 8º Vara de Falência e Recuperação Judicial do Recife. “Só após autorização judicial e, ainda, com a autorização dos credores, dentre outras questões, é possível começar a negociação”, explica.

Mais Lidas