Eleições 2010: Está chegando o grande dia

Por Dilson Oliveira
Por Dilson Oliveira
Publicado em 27/09/2010 às 11:29
NOTÍCIA
Leitura:

Estamos iniciando uma semana decisiva para o futuro da nossa nação, e o nosso futuro também, porque não. Então, é momento de reflexão, momento de sabedoria, e de conscientização.

Domingo (3), elegeremos nossos futuros deputados estaduais, federais, senadores governador, e presidente. E é bom escolhermos bem, e os melhores.

Não adianta votarmos por conta das carreatas, das manifestações, por favor, ou votarmos por votar, ou “para não perder o voto”. O povo tem em suas mãos uma arma importantíssima, e não pode “atirar” no alvo errado.

Que possamos durante esta semana que antecede o pleito de 03 de outubro, fazer uma reflexão das promessas que foram feitas, do passado dos nossos postulantes, e da vida pública e pessoal deles também.

O povo deve refletir em todos os aspectos, e não deixar de votar. Isso não vai dar em nada. Votar em branco, ou anular o voto também não vai resolver nada. De qualquer forma alguém vai se eleger.

Apareceram candidatos para todos os gostos, e de todo jeito. Dos mais humildes, aos medalhões, e até aqueles que juram de pés juntos que são tão “coitadinhos” quanto o nosso povo.

O horário político, em determinados momentos mais parecia um verdadeiro programa de humor, tamanha a cara-de-pau de muitos que lá apareceram. Ainda bem que está terminando.

Que aqui em Pernambuco, no Nordeste brasileiro, nosso eleitorado não tenha se induzido ao voto de protesto. Também não contribui em nada, só faz ampliar o circo que já existe, e talvez até a revelar novos palhaços que queiram fazer graça com o povo.

E é bom lembrar que o papel do eleitor não acaba após o voto. Que possamos ficar atentos a quem se eleger. Fiscalizar e cobrar o cumprimento de suas promessas.

Já que a vontade do povo pode não prevalecer através da “ficha limpa”, que esse mesmo povo possa fazer “justiça com as próprias mãos”.

Foi um absurdo o gasto nesse período, com fogos de artifícios, cavaletes, placas, sem falar em outros gastos que serão muitos até o dia da eleição. Tudo para impressionar os eleitores menos atentos, então é bom ficar “ligado”.

Que possamos eleger quem tem compromisso com a nossa gente, com o nosso povo. Eleger quem realmente pretende nos representar bem nos próximos quatro anos e honrar o mandato que estamos lhe dando.

Afinal, se isso não ocorrer, nós é que ficaremos nos lamentando, enquanto “eles”, estarão gozando de tudo quanto é privilégio, e ainda por cima, zombando da cara da gente.

Que votemos bem. Que façamos um bem, também à nossa nação.

Tenho dito e bom voto!

Mais Lidas