REVOLTA

Moradores protestam e interditam PE 60 em Barreiros

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 27/09/2010 às 12:07
NOTÍCIA
Leitura:

Vítimas das enchentes que atingiram Barreiros, na Zona da Mata de Pernambuco, realizaram na manhã desta segunda-feira (27), um protesto para pedir a liberação de recursos e melhorias na infra-estrutura para a cidade.

Durante o protesto, a PE 60 foi interditada, os participantes queimaram pneus na pista impedindo o fluxo de veículos. Vários comerciantes dizem ainda não ter recebido nenhuma ajuda financeira do governo do Estado.

Ainda segundo as vítimas, mais de três meses se passaram e a distribuição de água não foi normalizada. Outra reclamação é sobre o funcionamento do Hospital Municipal Maria Amália.

Desde a enchente que a unidade não está fazendo atendimentos. Os pacientes só conseguem atendimento médico na Maternidade da cidade.

Por volta das 11h de hoje, o Corpo de Bombeiros foi até o local do protesto e liberou a pista.  O protesto então seguiu para o Centro da cidade.

Em resposta ao protesto, representantes do Governo do Estado e da Coordenadoria de Defesa Civil de Pernambuco (Codecipe) anunciaram que às 16h desta segunda, será realizada uma reunião com as vítimas da enchente para ouvir as reclamações dos moradores e explicar como está sendo feita a distribuição de recursos no município. O encontro acontecerá na quadra do Colégio Agrícola de Barreiros.

Mais Lidas