RESSOCIALIZAÇÃO

Penitenciária realiza casamento coletivo de 13 detentos no interior

Do JC Online do JC Online
Do JC Online
do JC Online
Publicado em 29/09/2010 às 15:37
Leitura:

Bolo de noiva, decoração, fotógrafo, filmagem, alianças, comidas, bebidas (sem álcool), buquês, vestidos de noiva, ternos e orquestra. Tudo pronto para o casamento coletivo de 13 reeducandos da Penitenciária Juiz Plácido de Souza (PJPS) em Caruaru, Agreste de Pernambuco, que nesta quinta-feira (29), às 17h.

O evento acontecerá na quadra da penitenciária e será dirigido pelo pastor da Igreja Batista, Edson Rosendo. A estimativa é de cerca de 150 convidados. Após a cerimônia, os reeducandos vão se dirigir às suas celas, que estarão especialmente decoradas, para terem a noite de núpcias.

“Nós aqui trabalhamos em cima de quatro pilares fundamentais para ressocialização: educação, trabalho, família e religião. Este casamento coletivo está diretamente ligado ao fortalecimento dos laços familiares dos reeducandos”, disse a diretora da penitenciária, Cirlena Rocha.


Mais Lidas