INFRAESTRUTURA

União vai liberar R$ 50 milhões para estradas do interior

Do Jornal do Commercio
Do Jornal do Commercio
Publicado em 07/10/2010 às 10:34
NOTÍCIA
Leitura:

Em reunião com o presidente Lula, nessa quarta-feira (6), em Brasília, o governador de Pernambuco, Eduardo Campos, assinou com o Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (DNIT) um convênio de liberação de R$ 50 milhões para a reconstrução ou reforma de nove estradas e pontes de cidades da Mata Sul e Agreste pernambucanos que foram atingidas pelas águas.

“Estamos satisfeitos com a agilidade do governo federal em tomar as providências necessárias. Conseguimos provocar uma mudança de procedimentos que desburocratizou o trabalho dos estados e da União. A reconstrução das cidades atingidas pelas enchentes nos dois Estados já virou um case para o governo federal e será transformada num manual de atuação para o caso de novas tragédias”, disse o governador.

Na reunião, Eduardo Campos e o governador de Alagoas, Teotônio Vilela, trataram, com Lula e com o Gabinete de Crises do governo federal do andamento das ações estaduais e federais voltadas para os municípios dos dois estados prejudicados pelas chuvas de junho.

Os governadores apresentaram, ainda, dois pleitos ao presidente: a federalização da PE-60, no trecho de 214 quilômetros, entre o Porto de Suape e Maceió, e a inclusão no PAC 2 das obras de construção de sete barragens localizadas na bacia do Rio Una. Lula ficou de se pronunciar em uma nova reunião, marcada para a primeira quinzena de novembro.

A estimativa é que a obra de duplicação da rodovia custe cerca de R$ 450 milhões. Já o novo sistema de contenção, que evitaria enchentes, está orçado em R$ 650 milhões.

Mais Lidas