PESQUISA

Rei do Baião é o autor com maior rendimento autoral do Brasil

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 26/10/2010 às 9:30
NOTÍCIA
Leitura:

O Rei do Baião Luiz Gonzaga se tornou imortal com suas músicas e composições que tratam do cotidiano do povo nordestino. Após 21 anos de sua morte, “Gonzagão”, ainda permanece vivo na memória dos amantes da música, pelo menos foi o que revelou uma pesquisa do Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (Ecad).

De acordo com a Ecad, o rei do baião foi o autor com o maior rendimento de direitos autorais nas Festas Juninas de 2010. O levantamento confirma que a tradição ainda impera no festejo. As músicas mais tocadas foram: “ Festa na roça”, “Pula Fogueira”, “Olha pro Céu”, “O sanfoneiro só tocava isso” e “Quadrilha Brasileira”.

A pesquisa revelou ainda, que mais de 4.600 titulares como compositores, intérprete e músicos, inclusive seus herdeiros, foram beneficiados pela distribuição no período, recebendo um montante superior a R$ 1,8 milhão.

Mas a tradição nos festejos juninos teve que dividir a atenção do público com o ritmo sertanejo universitário. O segundo colocado da lista foi Sorocaba, da dupla Fernando e Sorocaba. O artista é compositor de grandes sucessos, como “Paga-Pau” interpretada pela dupla; e também de hits de outros cantores, como “Meteoro”, sucesso na voz de Luan Santana.

Mais Lidas