Será que a Guarda Municipal de Caruaru cumpre com o seu papel?

Por Dilson Oliveira
Por Dilson Oliveira
Publicado em 26/10/2010 às 11:26
Leitura:

Você já deve ter visto pelas ruas de Caruaru, os homens da Guarda Municipal, não é mesmo? Passam o dia andando em dupla pelo centro da cidade, ou circulando em veículos novos pelas ruas e avenidas do município, “queimando” gasolina paga com o nosso dinheiro.

Mas, afinal de contas, qual é o papel da Guarda Municipal? Somente passear fazendo propaganda enganosa ou zelar e proteger o patrimônio público? Eu acredito que você tenha respondido a segunda opção, mas não é bem isso que está ocorrendo em Caruaru, no Agreste pernambucano.

Aqui, boa parte do expediente da Guarda Municipal, é para circular na cidade, sem nada resolver, sem interferir em nada, nem tão pouco ajudar em nada. Está na hora desse pessoal verdadeiramente trabalhar.

Enquanto isso, o patrimônio público está sendo pichado, incendiado, e sendo alvo de vandalismo, como ocorreu recentemente com a Estação Ferroviária, o Arraial Mestre Vitalino, e com a Vila Forró.

Ao invés de deixar os “soldadinhos de chumbo” do Governo Municipal passeando, fazendo papel de garotos-propaganda da segurança que não oferecem, seria bom pelo menos fazer com que o patrimônio público seja zelado.

Sei que pode não impedir fatos como os que estão acontecendo, mas pelo menos inibe a ação desses delinquentes. Caso contrário, estará em xeque o verdadeiro sentido e efeito da criação do serviço.

Mostrando serviço, também se tira a imagem de que a criação dos agentes públicos não teve apenas o objetivo de servir de cabide de emprego, quando o compromisso de oferecer segurança a população está longe de virar realidade.

É bom agir enquanto há tempo, pois toda essa estrutura montada custa dinheiro, muito dinheiro, e quem paga é o povo.

E com a Guarda Municipal funcionando de verdade, não estarão fazendo favor a ninguém...


Mais Lidas