saúde

Novos equipamentos vão reforçar tratamento de câncer do colo do útero no interior

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 27/10/2010 às 11:43
NOTÍCIA
Leitura:

Seis novos aparelhos de Cirurgia de Alta Frequência (CAF), utilizados para o tratamento de lesões pré-malignas do colo do útero, estão sendo instalados nos Hospitais Regionais do interior do Estado que ainda não dispunham desse serviço. Ao todo, R$ 41.469 mil foram investidos na aquisição desses equipamentos. A entrega do primeiro CAF estava marcada para a manhã desta quarta-feira (27) no Hospital José Fernandes Salsa, em Limoeiro. O equipamento beneficiará mulheres de até 31 municípios assistidos pelo hospital.

De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (SES), o CAF é considerado atualmente como o melhor tratamento para essas lesões, pois pode ser feito sob anestesia local e sem internação. Nesse procedimento, a área doente é retirada sem dor. A cirurgia, que utiliza um bisturi elétrico, é capaz de retirar um câncer em estado inicial, ou ainda alguma lesão uterina que possa evoluir para um câncer.

Até o final de novembro, outros cinco CAFs devem entregues aos hospitais de Arcoverde, Salgueiro, Ouricuri, Afogados da Ingazeira e Serra Talhada. A SES capacitou médicos de todas essas unidades de saúde, além de atualizar os profissionais dos locais que já ofereciam esse atendimento.

CAMPANHA – A entrega do primeiro CAF marca o início das ações da Campanha Estadual de Enfrentamento do Câncer de Colo de Útero. A partir de 1º de novembro, o Estado dará início, junto aos municípios, à sensibilização da população feminina no combate a essa doença.

A DOENÇA – Em 2009, o câncer de colo do útero foi responsável pela morte de 272 mulheres no Estado. Segundo estimativas do Instituto Nacional do Câncer (Inca), 1.020 novos casos de câncer uterino são esperados para 2010 em Pernambuco.

Mais Lidas