APREENSÃO

Operação fecha fábricas, depósitos e leva empresários do interior para a delegacia

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 27/10/2010 às 12:44
NOTÍCIA
Leitura:

A Vigilância Sanitária de Pernambuco em parceria com as polícias Civil e Federal, realizaram na manhã desta quarta-feira (27), em Caruaru, Agreste de Pernambuco, uma operação para combater a produção e comercialização ilegal de materiais de limpeza.

Ao todo, cinco fábricas e três depósitos de Caruaru, além de outras duas fábricas de Belo Jardim foram fechados devido a venda irregular dos materiais de limpeza.

De acordo com a vigilância, ainda foram apreendidos cerca de 50 mil litros de material de limpeza. Os proprietários das fábricas foram autuados de acordo com o Artigo 273 do Código penal, por falsificação, corrupção, adulteração ou alteração de substância ou produtos alimentícios.

O delegado Tiago Cardoso, da delegacia de Combate a Pirataria, informou que ainda está sendo estudando a possibilidade de a operação seguir para outras cidades do Agreste.

APREENSÃO - Nessa terça-feira (26), outra operação foi realizada em Pesqueira, no Agreste. Dessa vez, o alvo foi a venda irregular de medicamentos de uso controlado na região. A ação foi movida pela Delegacia de Combate a Pirataria de Recife, onde mais de 20 mil comprimidos, tipo 'tarja preta', foram recolhidos. Ainda segundo a polícia, a maioria dos estabelecimentos vistoriados foram lacrados e seus comerciantes indiciados em flagrante.

Mais Lidas