SERVIÇO

Ministério Público determina mapeamento de ruas em Caruaru

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 08/11/2010 às 15:23
NOTÍCIA
Leitura:

Moradores do Bairro São João da Escócia, em Caruaru, terão o privilégio de receber correspondências em casa. Atualmente a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) não executa o serviço na comunidade porque a numeração das casas é completamente desordenada.

O presidente da Associação de Moradores do bairro procurou o Ministério Público e pediu que o órgão adotasse providências no sentido de que o problema fosse solucionado. Em audiência com os Correios, a Prefeitura, representantes da Celpe e da Compesa e da própria Associação, o MP conseguiu firmar um Termo de Ajustamento de Conduta, pelo qual a prefeitura ficaria encarregada de fazer um mapeamento cartográfico da área e sanar a dificuldade.

Segundo o diretor do departamento de cadastro de imóveis de Caruaru, Tiago Lima, a numeração nas casas é desordenada porque foi feita pelos próprios moradores. “Muitas casas não tem escritura e por isso não consta documentação de registro nos cartórios de imóveis. Por isso, cada um foi colocando o número que achasse conveniente”. Com a utilização de um GPS, a prefeitura está em fase de conclusão do novo mapeamento.

Mais de duas mil cartas já foram entregues nas residências do bairro, informando aos proprietários o novo número do imóvel. O serviço deverá ser concluído até o final deste ano, para então os Correios começarem a entregar correspondências no setor.

Mais Lidas