SAÚDE

Vigilância Sanitária determina novas regras para farmácias e hospitais

Do JC Online do JC Online
Do JC Online
do JC Online
Publicado em 11/11/2010 às 10:39
Leitura:

Recentemente, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou algumas normas para evitar novos casos da superbactéria KPC e outros microorganismos resistentes a antibióticos. Uma das determinações que vai entrar em vigor no próximo dia 28, diz respeito à comercialização de antibióticos.

A partir de agora eles terão a mesma exigência dos remédios controlados e só poderão ser vendidos com a receita médica. A medida tem o objetivo de evitar a venda indiscriminada e o uso abusivo desses remédios.

“Algumas pessoas acabam tomando esses remédios por conta própria e de forma indevida, agora só com a receita e ela vai ter validade de 10 dias após a consulta”, explicou Fábio Vieira, chefe de divisão de medicamentos da Vigilância Sanitária.

Outra determinação diz respeito ao álcool em gel. O uso será obrigatório nos hospitais e em clínicas particulares ou públicas. Ele deve ser colocado em setores onde há atendimento de pacientes.

“Nesses ambientes há uma grande proliferação de bactérias, o álcool em gel é mais um mecanismo de proteção e é importante que todas as pessoas o utilize”, completou  Fábio Vieira.


Mais Lidas