DESOCUPAÇÃO

Moradores de Serra dos Cavalos, em Caruaru, têm até segunda-feira para deixar local

Do JC Online do JC Online
Do JC Online
do JC Online
Publicado em 13/11/2010 às 13:26
Leitura:

Está terminando o prazo para a permanência das nove famílias que moram no Parque Municipal João Vasconcelos Sobrinho, mais conhecido como Serra dos Cavalos, em Caruaru, Agreste de Pernambuco.

Depois de várias reuniões e polêmicas a cerca da saída dos posseiros, ficou decidido que os moradores terão até a noite desta segunda-feira (15) para desocuparem a localidade. Caso contrário, a partir da terça-feira será preciso utilizar a força policial.

De acordo com a Assessoria do Tribunal de Justiça de Pernambuco, foi realizado um acordo extra judicial no qual os posseiros se comprometeram a sair, pacificamente, de Serra dos Cavalos. Na oportunidade, o advogado que representa as famílias, José Américo, assinou um termo de compromisso.

A retirada dos moradores de Serra dos Cavalos vem sendo solicitada pela justiça desde março de 2009. O motivo alegado seriam os mananciais de água e a importânica da preservação do local. No entanto, para que a desocupação fosse realizada, a Prefeitura de Caruaru teria que encontrar um novo local para alojar as famílias. A comunidade de Brejo Velho, na Zona Rural da cidade, foi o lugar escolhido para a remoção dos moradores. Porém, as casas ainda não foram construídas.

Ainda segundo a determinação da Justiça, a Prefeitura ficou com a responsabilidade de pagar para cada família um salário mínimo durante seis meses enquanto as casas não fossem construídas.

Em Serra dos Cavalos, os moradores se dizem confusos. De acordo com o morador José Ferreira, as famílias estão de mãos atadas. \"Ainda não conseguimos tirar o dinheiro das indenizações, as casas do novo terreno não foram construídas. Tem muita gente arrumando as malas sem saber para onde ir\", afirmou o morador.


Mais Lidas